O técnico Andrade disse nesta sexta-feira que o meia Petkovic é um ídolo do Flamengo, mas não quis fazer comentários sobre o confuso processo de renovação de contrato do jogador. O treinador limitou-se a discordar da declaração feita pelo sérvio, na quinta, de que o clube não sabe valorizar seu ídolos.

“O Flamengo sempre nos valorizou”, afirmou Andrade. “Não tenho o que me queixar do tratamento da diretoria”, disse o treinador, que foi titular do meio-campo do time na década de 80 e é admirado até hoje pela torcida. Andrade ainda lembrou que também teve dificuldades no processo de renovação de seu contrato no início do ano, “mas foi tudo resolvido”.

Enquanto não resolve o imbróglio sobre sua renovação, Petkovic não terá a chance de tentar reconquistar a condição de titular neste domingo, quando o Flamengo, já classificado às semifinais da Taça Rio, entra em campo para cumprir tabela diante do Friburguense, fora de casa. Ele não foi relacionado por Andrade, que alegou como motivo o fato de o sérvio estar pendurado com dois cartões amarelos.