O retorno do francês Jo-Wilfried Tsonga ao circuito profissional do tênis, após três meses afastado por causa de uma lesão no joelho direito, tem sido realmente triunfal. Sobrou até para o brasileiro André Sá, eliminado neste sábado nas semifinais da chave de duplas do Torneio de Metz, na França. Ao lado do australiano Paul Hanley, o tenista mineiro foi batido por Tsonga e o compatriota Nicolas Mahut por 2 sets a 1 – com parciais de 6/2, 6/7 (2/7) e 10 a 4 no super tie-break, após 1 hora e 42 minutos.

Esta foi a quarta semifinal que André Sá disputou em um torneio de nível ATP nesta temporada. E foi a quarta vez que o mineiro parou nesta fase. Antes, em Metz, havia superado outros dois brasileiros. Na estreia, ganhou de Marcelo Demoliner. Já nas quartas de final, passou pelo conterrâneo Marcelo Melo, que jogou ao lado do austríaco Julian Knowle.

Na decisão em Metz, Tsonga e Mahut terão pela frente a parceria formada pelo sueco Johan Brunstrom e pelo sul-africano Raven Klaasen, que vem surpreendo na competição. Na semifinal, eles se classificaram após vencer o local Edouard Roger-Vasselin e o indiano Rohan Bopanna, maiores favoritos ao título. Antes Tsonga decidirá a chave de simples contra o também francês Gilles Simon.