As corridas desta noite no Hipódromo de Cidade Jardim apresentam-se com nove animais que serão apresentados por treinadores radicados no Tarumã, esperando-se boas atuações, pois se foram inscritos para as corrida de São Paulo, naturalmente estão em boa forma.

Ornado, do Haras Preto e Ouro, sob os cuidados de Geraldo Vogado, não chegou a correr no Tarumã, mas participou de três pencas no Rio Grande do Sul, inclusive da final do Grande Prêmio Turfe Gaúcho. Com estas credenciais, pode fazer valer sua velocidade, apontado como favorito.

Silver Time, de propriedade do treinador Benjamin Gomes Ferreira, vem de quarto para Junta de Prata, em São Paulo, e pode brigar pelas primeiras posições, sendo indicado como terceira força, caso a prova passe para areia.

O terceiro páreo contará com a participação de Glint Of Sun, da TBS, que não correspondeu em suas últimas apresentações, mas o pensionista de Geraldo Vogado é apontado como terceira força, tanto na grama como na areia.

Papaiteamo, do Haras Campo Belense, que não corre desde maio do ano passado, preparado no Tarumã por Júlio César, reaparecerá na quinta prova, sendo apontado pela revista Turf Brasil, como maior rival do favorito Xamuscado.

Rimanú, do Haras Rio Iguaçu, treinada por Ademar de Barros Pereira, e Tiroleza di Job, de propriedade de Benjamin Gomes Ferreira, estão inscritas na sexta prova. Rimanú é indicada como terceira força, caso a prova passe para areia, mas lembramos que as quatro vezes que Rimanú correu em São Paulo, obteve uma vitória e três segundos.

Duas éguas do Tarumã estão inscritas na sétima prova: Priorat, do Stud Mictik, e Ki Nave, do Haras Old Friends, treinadas respectivamente por Pedro Nickel Filho e Luiz Roberto Feltran. Nenhuma delas figura entre as favoritas.

Onda Morena, do Haras Interlagos, treinada por Pedro Nickel Filho, é uma das forças da oitava prova, sendo indicada pela revista Turf Brasil como maior rival de Lucky Love na grama e como favorita se o páreo passar para areia.