O esforço feito por Cristiano Ronaldo na partida em que classificou a seleção de Portugal para a Copa do Mundo de 2014, com os três gols marcados na vitória sobre a Suécia, teve a conta cobrada quatro dias depois. Neste sábado, no estádio Jogos Mediterrâneos, em Almería, o atacante marcou o primeiro gol do Real Madrid, logo aos três minutos de jogo, mas se machucou no início do segundo tempo e não viu seus companheiros arrasarem o Almería por 5 a 0, pela 14.ª rodada do Campeonato Espanhol.

Com seu 17.º gol na competição, Cristiano Ronaldo lidera a tabela de artilheiros, mas agora corre o risco de ficar de fora por algumas partidas da temporada. Em um pique aos oito minutos do segundo tempo, para ganhar na corrida do zagueiro Aleix Vidal, o atacante português sentiu dores musculares, caiu no chão imediatamente e foi substituído por Jessé.

Sem o seu artilheiro, o Real Madrid não perdeu força. A partir daí que conseguiram a goleada sobre o Almería para chegar aos 34 pontos e manter seis de desvantagem para o líder Barcelona. Benzema, aos 16 minutos, fez o segundo em chute de fora da área. Gareth Bale, aos 27, Isco, aos 30, e Alvaro Morata, aos 36, completaram os 5 a 0 da equipe merengue.

VIRADA ESPETACULAR – Se o Real Madrid fez 5, um só jogador marcou quatro gols e comandou uma virada espetacular em campo. Em San Sebastián, o mexicano Carlos Vela anotou os quatro gols da Real Sociedad na vitória sobre o Celta por 4 a 3. O time basco saiu na frente com o primeiro de Vela e tomou a virada com os gols de Rafinha (duas vezes) e Alex Lopez. No segundo tempo, o inspirado mexicano fez mais três e levou a sua equipe aos 20 pontos, na sexta colocação.