Os testes coletivos da Fórmula 1 nesta segunda-feira (2), em Jerez, foram atrapalhados pela chuva. Mas o brasileiro Nelsinho Piquet não reclamou do mau tempo no circuito espanhol. Para o piloto da Renault, o dia de trabalho foi produtivo, apesar da pista longe das condições ideais.

“A pista molhada nos fez mudar nossa programação, e tentamos acumular mais quilometragem com o carro usando pneus de chuva. Como choveu durante todo o dia, as condições da pista permaneceram constantes, e conseguimos aprender muitas coisas interessantes sobre o carro”, afirmou.

Nelsinho completou 66 voltas com o modelo R29 da Renault, e na mais rápida delas estabeleceu a marca de 1min33s476. Ele terminou o dia com o sétimo tempo, o pior entre os pilotos que foram à pista. Felipe Massa, outro brasileiro que está em Jerez, não tirou sua Ferrari dos boxes, devido às más condições climáticas.