A Federação Paranaense de Futebol está mudando de sede. Depois de 34 anos no Tarumã, ao lado do estádio Pinheirão, a FPF prepara as malas e, em junho, deixará o local. O destino mais provável é a Rua Dom Pedro I, número 531, no bairro Água Verde, onde no ano passado foi instalado o comitê eleitoral de Hélio Cury, presidente da federação e que em 2012 foi andidato a vereador por Curitiba.

A mudança se deve por conta da perda do patrimônio em leilão que aconteceu em maio do ano passado, devido a uma dívida de R$ 4,885 milhões da FPF com o Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS). O terreno foi vendido à AK7, um grupo de empreendimentos imobiliários de São Paulo, por R$ 2,031 milhões.

Embora admita que Hélio Cury esteja estudando locais para a instalação da sede, o vice-presidente da entidade, Amilton Stival, afirmou que ainda não existe uma data certa para a mudança. “Não tem nada ainda. Ainda está tudo tranquilo, nem estou sabendo de nada. O Hélio está estudando algumas coisas ainda, mas por enquanto continua tudo normal. Não tem previsão de mudança”, declarou.

Com a confirmação da mudança, a Federação irá para a sua quarta sede. A primeira era no 4.º andar de um prédio na esquina da Rua XV de Novembro com a Rua Voluntários da Pátria, o Edifício Garcês. Depois, passou pelo bairro das Mercês, em uma casa na Rua Manoel Ribas, até que, no dia 19 de abril 1979, o então presidente da FPF, Luiz Gonzaga da Motta Ribeiro, inaugurou a atual sede, na avenida Vitor Ferreira do Amaral, no Tarumã, ao lado do Pinheirão, que estava em construção na época. As obras da sede custaram 3 milhões de cruzeiros e parte dela foi paga com a renda do amistoso da Seleção Paranaense com a Seleção Brasileira (0 x 1) que ocorreu em 1978, e foi disputado no Couto Pereira.