Os jogadores convocados pelo técnico Luiz Felipe Scolari para os dois próximos amistosos da seleção brasileira se apresentaram durante toda a segunda-feira, em grupos divididos, em Miami, local do primeiro compromisso, contra a seleção de Honduras, no próximo sábado, às 22h30 (horário de Brasília), no Estádio Sun Life.

Por problemas com o seu visto, o meia William, uma das novidades na lista de convocados de Felipão, foi um dos últimos jogadores a chegar aos Estados Unidos. Após o impasse, o jogador vai participar, ao lado do restante dos convocados do primeiro treinamento em Miami, nesta terça, no campo Alfonso, no Estádio FIU, às 19 horas.

Apenas um jogador não se juntou ao grupos da seleção brasileira nos Estados Unidos nesta segunda. O atacante Robinho, outra das surpresas da lista de Felipão, também enfrentou problemas com o seu visto e tem a sua apresentação ao treinador prevista para esta terça.

O atacante é o jogador que mais atuou na seleção brasileira – 88 vezes – entre os chamados e tentará aproveitar a convocação para tentar conquistar a confiança de Felipão e uma vaga no grupo de convocados para a Copa do Mundo de 2014.

De volta à seleção após se recuperar de lesão, o goleiro Julio Cesar destacou a importância das partidas contra Honduras e Chile, na próxima terça-feira, em Toronto. “Estamos chegando à reta final dos amistosos. Ano que vem, tem mais um oficial da Fifa, e depois será a Copa do Mundo. Pode ter certeza de que todos aqui só pensam nesse objetivo, o de fazer grandes jogos para merecer continuar no grupo”, disse.