Felipe Massa teve um fim de semana frustrante em Austin, onde foi disputada a etapa dos Estados Unidos, penúltima da temporada da Fórmula 1. Ele largou apenas em 13º lugar, não conseguiu andar entre os 10 primeiros colocados e terminou a corrida na 12ª posição. Mas o piloto brasileiro já tratou de esquecer as dificuldades. Mesmo porque, é hora de se concentrar no GP do Brasil, que acontece no domingo, em Interlagos, e marca sua despedida da Ferrari.

“Foi um fim de semana realmente difícil, estive lutando desde os treinos de sexta-feira, sem conseguir a temperatura ideal dos pneus ou manter um bom ritmo na corrida”, contou Massa, após a disputa do GP dos Estados Unidos, na qual o alemão Sebastian Vettel, da Red Bull, saiu com a vitória. Companheiro do brasileiro na Ferrari, o espanhol Fernando Alonso teve melhor performance em Austin e terminou em quinto lugar, o que lhe garantiu o vice-campeonato.

Já em clima de despedida da equipe italiana – assinou contrato para correr pela Williams na próxima temporada -, Massa projeta um fim de semana “bastante emotivo” em Interlagos. “Foi uma pena que não pudemos fazer nada melhor (no GP dos Estados Unidos). Mas temos que nos concentrar agora na última etapa da temporada, no Brasil, minha última corrida na Ferrari e na minha casa”, afirmou o piloto brasileiro. “Espero que estejamos mais competitivos.”

Massa está deixando a Ferrari após a disputa de oito temporadas. Pela equipe, ele chegou a ser vice-campeão da Fórmula 1 em 2008 – o título ficou com o inglês Lewis Hamilton, então na McLaren -, mas vinha perdendo performance nos últimos campeonatos. Neste ano, por exemplo, está apenas em oitavo lugar no Mundial de Pilotos, com 106 pontos. Mas tem agora a chance de fazer uma grande despedida, no domingo, em Interlagos, diante da torcida brasileira.