A vitória do Santos sobre o Corinthians por 2 a 0, neste domingo, no estádio da Vila Belmiro, em Santos, diminuiu a diferença entre os dois clubes para nove pontos (50 a 41). Entre os dois está o Grêmio, vice-líder com 43. Para o atacante Jô, a vantagem corintiana ainda é tranquila na liderança do Campeonato Brasileiro, mas o time precisa trabalhar em sua opinião.

“O momento é normal. A gente ainda tem uma vantagem. A gente construiu isso com muito mérito. A gente tem de aproveitar. Temos sete pontos do Grêmio, temos nove do Santos. Está muito tranquilo. O jogo que perdeu a gente tem de corrigir. Faltam algumas rodadas, mas ainda estamos muito tranquilos na frente. Trabalhar e melhorar”, afirmou o atacante na saída da Vila Belmiro.

Em quatro jogos no returno do Brasileirão, o Corinthians já soma três derrotas, sendo duas delas de forma consecutiva. Neste domingo, Jô teve poucas chances de finalização. Sua atuação foi o reflexo da atuação coletiva do time, que teve dificuldade para criar e errou muitos passes. “É um momento difícil que a equipe passa. O Santos teve muito mérito”, avaliou Jô.

Na próxima rodada, a 24.ª, o Corinthians recebe o Vasco no estádio Itaquerão, em São Paulo. Antes, nesta quarta-feira, o time enfrenta o Racing, da Argentina, também como mandante, pela partida de ida das oitavas de final da Copa Sul-Americana. Após a derrota para o Santos, o técnico Fabio Carille afirmou que não vai poupar jogadores para o duelo do meio de semana.