Após a polêmica derrota na semifinal para a Espanha, decidida no último segundo da prorrogação, a seleção da Itália conquistou o terceiro lugar da Copa do Mundo de futsal, neste sábado (18), ao derrotar a Rússia por 2 a 1, no Maracanãzinho, no Rio de Janeiro. A final, entre Brasil e Espanha, será disputada na manhã deste domingo.

A Itália abriu o placar justamente com Foglia, que marcou o gol contra que decidiu a partida com a Espanha. Aos 6 minutos, o brasileiro naturalizado italiano, assim como todos os jogadores da equipe, fez boa jogada individual e marcou. A Rússia, que contou com a liderança do brasileiro Pula, reagiu e acertou a bola na trave ainda na primeira etapa.

Os russos voltaram com mais velocidade no segundo tempo. Com maior posse de bola, 53% a 47%, a seleção pressionou e arrancou o empate com Dushkevic, que marcou de letra. A Rússia passou a dominar o jogo e quase desempatou com Khamadiev, que mandou outra bola na trave, e Pula, que desperdiçou o rebote.

O gol decisivo saiu a 13 segundos do final do jogo. Assis recebeu livre, na frente do goleiro Zuev, e finalizou por cobertura, num belo gol. Foi a primeira semifinal dos russos, enquanto os italianos são os atuais vice-campeões da competição.