Depois de participar de reunião na Vila Belmiro na noite desta terça-feira, quando o Santos promoveu reunião do Conselho Deliberativo para esclarecer os valores da negociação que levou Neymar ao Barcelona, o presidente em exercício do clube, Odílio Rodrigues, garantiu que a diretoria santista não está atualmente a procura de um novo técnico. Ele falou sobre o assunto depois de o Santos ter desistido oficialmente, na última segunda, da contratação de Marcelo Bielsa.

Para completar, o dirigente tratou de elevar o peso do interino Claudinei Oliveira, que vem ocupando a cargo de treinador desde a demissão de Muricy Ramalho. E Odílio ainda revelou que Claudinei seguirá nos planos do time profissional mesmo após a contratação de um novo técnico.

“Por enquanto não negociamos com nenhum treinador após a desistência do Bielsa. Claudinei continua e vai continuar também caso o Santos contrate um novo treinador, pois vai participar da nova comissão técnica”, disse o dirigente, deixando claro que a decisão de apostar em Claudinei a longo prazo, mesmo que um posto secundário, acaba de ser tomada pelo Comitê Gestor.

O comitê santista tem reunião marcada para esta quarta-feira, mas já definiu que só buscará um novo técnico de forma mais efetiva quando tiver uma boa oportunidade de mercado. O clube estaria, entre outras coisas, esperando pelo desfecho da situação do técnico Ney Franco, que seria uma boa opção para o cargo se for dispensado pelo São Paulo nesta temporada. E o Santos avalia que o sucesso ou não do comandante na final da Recopa Sul-Americana, diante do Corinthians, no próximo mês, poderá definir a continuidade ou não do treinador no Morumbi.