Após ganharem um dia de folga neste carnaval, no domingo, os jogadores do Fluminense se reapresentaram nesta segunda-feira para retomar a preparação da equipe para o duelo contra o Ypiranga-RS, na quarta, pela segunda fase da Copa do Brasil. A partida será disputada no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro.

Preocupado com este confronto, o técnico Fernando Diniz e o elenco se reapresentaram nesta manhã, às 9 horas, no CT da Barra. O treinador deu maior atenção nesta segunda ao treino tático, de olho mais na postura da equipe em campo do que na formação, o que deve ser feito na atividade desta terça, também marcada para as 9h.

Diniz está preocupado com a atenção e a postura do ataque tricolor. Nos últimos dois jogos, a equipe marcou apenas um gol. Foram dois empates. O último deles foi classificado pelo próprio treinador como “sonolento”.

“A gente conseguiu chutar pouco. O time deles teve praticamente todos os jogadores da intermediária para trás e as chances foram raras”, comentara, após o 1 a 1 com o Resende, pela Taça Rio, o segundo turno do Campeonato Carioca.

A meta do treinador é que o ataque tenha maiores recursos para furar as eventuais retrancas que enfrentar no futuro, algo provável no duelo contra o Ypiranga. O time gaúcho deve atuar mais recuado no Maracanã, em busca de contra-ataques.

Para esta partida decisiva, Fernando Diniz deve ter o retorno do lateral-direito Gilberto, poupado no fim de semana para evitar maior desgaste físico. E, na zaga, Digão deve retomar seu posto de titular, depois de cumprir suspensão no jogo do Estadual.