A espanhola Natalia Rodríguez teve nesta terça-feira a sua inscrição negada pelos organizadores do Meeting de Zurique, na Suíça, que será realizado nesta sexta. A fundista perdeu a medalha de ouro dos 1.500 metros do Mundial de Berlim, no último domingo, porque empurrou a etíope Gelete Burka para chegar à liderança da prova.

“Os organizadores temiam que Natalia estragasse a festa, embora a desculpa seja pelo temor de reações negativas do público”, disse José María Odriozola, presidente da Federação Espanhola de Atletismo.

Em Zurique, a atleta da Espanha teria nova chance de enfrentar a barenita Maryam Yusuf Jamal, que chegou em segundo lugar no Mundial, mas herdou o ouro. “A corrida já estava montada em torno de Jamal e havia o temor de que Natalia estragasse o espetáculo”, declarou Odriozola.

Natalia Rodríguez queria competir em Zurique para tentar melhorar o seu recorde pessoal. “Quero baixar os quatro minutos”, disse a atleta, que em Berlim correu em 4min03s36.