Derrotado por 3 a 1 pelo Democrata-GV, no último domingo, na rodada final da primeira fase do Campeonato Mineiro, o Cruzeiro começa a se preparar nesta segunda-feira para uma semana em que fará dois confrontos decisivos.

O primeiro será nesta quarta-feira, contra o Vélez Sarsfield, no Mineirão, pela Copa Libertadores. Em seguida, em confronto no próximo final de semana cuja data ainda não confirmada, o time cruzeirense irá enfrentar o Uberaba, no primeiro duelo entre os times pelas quartas de final do Campeonato Mineiro.

“Tentamos ao máximo buscar a vitória (contra o Democrata), mas não deu e agora é passar uma borracha por cima disso, porque temos uma série de decisões pela frente, na Libertadores e no Campeonato Mineiro”, afirmou o goleiro Rafael, em entrevista publicada pelo site oficial do Cruzeiro.

O tom do discurso do zagueiro Cláudio Caçapa foi o mesmo após o confronto com o Democrata. “Agora é levantar a cabeça porque temos um importante jogo na próxima quarta-feira. Antes de pensar no Uberaba, nosso adversário nas quartas-de-final do Campeonato Mineiro, temos que trabalhar para vencer o Vélez”, lembrou.

O técnico Adilson Batista também enfatizou a importância de o Cruzeiro vencer o Vélez e aproveitou para convocar os torcedores. “É um jogo de extrema importância e precisamos vencer para terminarmos em primeiro (no Grupo 7). (O Vélez) é um adversário tradicional e espero, na quarta-feira, às 19h30, o torcedor incentivando, porque precisamos atingir nosso objetivo”, ressaltou o treinador, que não escondeu o otimismo para o confronto com os argentinos.

“A gente já vai trabalhar amanhã (segunda-feira) em cima do que a gente observou e fazer um grande jogo. Temos que ter atenção com todo o time. É um jogo complicado, mas o Cruzeiro tem condições de vencer”, reforçou.