Depois de ver o Atlético-MG perder por 2 a 1 para o Prudente, na noite de quinta-feira, fora de casa, no jogo de ida da segunda fase da Copa do Brasil, o técnico Dorival Júnior afirmou que irá cobrar uma mudança de comportamento do time atleticano para o confronto de volta, marcado para a próxima quarta.

O treinador afirmou que faltou mais doação dos jogadores em Presidente Prudente. “Eu quero uma mudança de comportamento. Um comportamento mais agressivo, é querer um pouco mais, brigar pela posse de bola como se briga por um prato de comida. Nós estávamos numa boa condição ao longo da competição e perdemos isso. Os motivos são difíceis, pois se tivesse a receita já teria corrigido, mas com o trabalho você apaga toda e qualquer situação. E está na hora de começarmos a responder em campo a tudo que vem sendo feito”, afirmou o treinador, dando um claro recado aos seus jogadores durante entrevista coletiva.

Dorival ainda lembrou que já havia alertado aos atletas que o fato de o Prudente figurar hoje na lanterna do Campeonato Paulista precisava ser deixado em segundo plano. “Eu alertei que nós teríamos um jogo mais do que complicado, e o posicionamento do Grêmio (Prudente) no Campeonato Paulista não traduziria o que seria a partida, e não foi diferente do que eu pensei”, reforçou.

Para o comandante, o Atlético-MG precisa usar a partida desta quinta-feira como um exemplo a não ser seguido no futuro. “Um jogo como esse tem que ficar na memória como exemplo para não errar mais. Com certeza é a insegurança que faz com que você não seja agressivo. Isso compromete um resultado como aconteceu hoje (quinta)”, analisou.

Em seguida, o comandante prometeu que o time atleticano terá uma “atuação vibrante” no confronto de volta com o Prudente. Por causa do gol marcado fora de casa, uma vitória por 1 a 0 no duelo já garantirá a classificação da equipe mineira às oitavas de final da Copa do Brasil.