José Mourinho concedeu poucas entrevistas coletivas nos últimos meses e, quieto, vinha conseguindo abafar sua fama de arrogante. Neste domingo, o jornal espanhol ABC publicou uma entrevista com o treinador português, que voltou a mostrar sua face mais polêmica. Criticou o trabalho de Pep Guardiola e menosprezou os jogadores de Chelsea e Bayern de Munique, finalistas da Liga dos Campeões.

“Não é normal vender uma imagem de perfeição, afinal ninguém é perfeito. Eu nunca vendi uma imagem de perfeito. A mim encanta o jogo bonito da minha equipe. Não gosto do desgaste do adversário pela posse da bola”, disse ele, ao comparar o seu Real Madrid com o Barcelona de Guardiola.

No começo do mês de maio, Mourinho já afirma que Cristiano Ronaldo merece ganhar o prêmio de melhor jogador de 2012. O argumento é que nenhum grande jogador vai ser campeão do principal torneio interclubes da Europa, a Liga dos Campeões, a ser decidida entre Bayern de Munique e Chelsea. “Quem ganhou o campeonato nacional mais importante do mundo? Cristiano (Ronaldo). Quem ganhou a Liga dos Campeões? Ninguém. Quem merece a Bola de Ouro? Cristiano.”

Na mesma entrevista, Mourinho garantiu que Higuaín segue no Real Madrid e que o clube procura um goleiro para ser reserva de Casillas. “(Higuaín) Vai continuar. E vai continuar porque eu não quero abrir mão dele e o Real Madrid tampouco quer”, avisou o treinador. “O Real busca outro goleiro porque Adán não quer continuar. Meu trabalho é convencê-lo a ficar. Devemos dar-lhe mais partidas, prometer a Copa do Rei.”