A norte-americana Serena Williams desistiu de disputar o Torneio de Montreal, que será realizado na próxima semana, e alegou “razões pessoais” para a sua decisão. A ausência da ex-número 1 do mundo do evento preparatório para o US Open foi confirmada pela organização da competição canadense.

Dona de 23 títulos de Grand Slam, Serena desistiu de disputar o Torneio de Montreal na mesma semana em que sofreu a mais dilatada derrota da sua carreira, na última terça-feira, quando perdeu para a britânica Johanna Konta por 6/1 e 6/0 na sua estreia em San José, nos Estados Unidos.

Aos 36 anos, Serena foi vice-campeã de Wimbledon em julho. O evento em Londres foi apenas o seu quarto torneio desde o retorno ao circuito mundial do tênis após dar à luz em setembro e depois ser tratada em função de coágulos sanguíneos. O último Grand Slam da temporada, o US Open, será disputado a partir de 27 de agosto em Nova York.

A vaga de Serena na chave principal do Torneio de Montreal será a alemã Tatjana Maria, que enfrentará a francesa Alize Cornet na primeira rodada. Apesar da ausência da norte-americana, a chave do evento será muito forte, contando com todas as tenistas do Top 10, além de 22 das 25 primeiras colocadas do ranking da WTA.