O zagueiro Robert Arboleda fará exames médicos após o retorno da delegação a São Paulo para avaliar a gravidade da lesão muscular na coxa esquerda sofrida na vitória sobre o Goiás, quarta-feira, no Serra Dourada, por 2 a 1. Com dores musculares, o equatoriano foi substituído por Anderson Martins ainda no primeiro tempo da partida pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro.

Arboleda já começou os trabalhos de fisioterapia no hotel onde o elenco estava hospedado em Goiânia. Ele não participou do treino realizado nesta manhã desta quinta-feira.

O defensor de 27 anos tem sido um dos principais defensores do São Paulo na temporada. Ele e Bruno Alves foram responsáveis pela boa fase do setor defensivo no Campeonato Paulista, até a decisão diante do Corinthians. Na finalíssima, Arboleda recebeu críticas pelo seu posicionamento no lance do segundo gol do Corinthians, marcado por Vagner Love.

As atividades desta manhã tiveram os jogadores divididos em dois grupos: os titulares fizeram exercícios regenerativos na academia, com o preparador físico Carlinhos Neves, com o fisioterapeuta Ricardo Sasaki e o coordenador científico Altamiro Bottino, enquanto o restante treinou no CT do Atlético-GO. Sob os cuidados do técnico Cuca, os atletas realizaram um trabalho técnico em campo reduzido.

Com as duas vitórias nas rodadas iniciais do torneio nacional, diante do Botafogo e Goiás, o São Paulo soma seis pontos.