Depois de ter conquistado o inédito título mundial para o boxe amador brasileiro, no último sábado, em Baku, no Azerbaijão, Everton Lopes desembarcou nesta sexta-feira em Guadalajara, no México. E mostrou confiança para ganhar a medalha de ouro também nos Jogos Pan-Americanos.

“É importante manter a humildade e os pés no chão. A conquista do Mundial só aumenta minha motivação para buscar novos títulos na carreira”, disse o pugilista baiano de 23 anos, que compete na categoria do meio médio ligeiro (até 64kg) – as lutas começam apenas no dia 21 de outubro.

Na última edição do Pan, há quatro anos, no Rio, Everton Lopes conquistou a medalha de prata. Agora, promete buscar o título. “Em 2007, o ouro bateu na trave. Estou engasgado com isso. Venho em busca do primeiro lugar”, avisou o pugilista, que já garantiu a sua vaga na Olimpíada de Londres.

Empolgado com a boa campanha no Mundial, Everton Lopes também disse apostar no sucesso do boxe brasileiro no Pan de Guadalajara. “Temos uma equipe de muita qualidade e os resultados mostram que nosso esporte tem potencial para crescer cada vez mais”, afirmou o pugilista.