A vitória diante do Volta Redonda, por 3 a 0, na última quarta-feira, levou o Vasco aos 18 pontos, a uma rodada para o fim da primeira fase da Taça Guanabara. Assim, a equipe, que já havia garantido vaga na semifinal, confirmou também o primeiro lugar no Grupo B, já que o Boavista, segundo colocado, tem 11 pontos.

Por isso, o pensamento dos jogadores já está na fase final do primeiro turno do Carioca, apesar do compromisso diante do próprio Boavista, neste sábado. “O primeiro objetivo foi alcançado, de se classificar. Agora é lógico que o importante é a semifinal. Sábado já não é tão importante, mas cabe ao treinador escolher a equipe que vai jogar quarta-feira”, disse o meia Juninho Pernambucano.

Na última quarta-feira, o experiente jogador, de 37 anos, esteve em campo, mas não teve a companhia de Felipe, de 34, que foi poupado. O técnico Cristóvão Borges tem optado por não escalar os dois jogadores na mesma partida, mas Juninho garantiu que eles podem atuar juntos.

“Não se deve criar regra no futebol. Talvez alguns jogos não sejam úteis a nossa presença juntos em outros pode ser super importante, porque a gente não tem medo de jogar. Participamos, chamamos o jogo. Mas o importante é o Vasco vencer. Nós jogando ou não”, comentou.