Quando entrar em campo hoje, às 19h30, no Estádio dos Pássaros, o Arapongas vai mais uma vez tentar fazer história. Depois de eliminar o São Caetano na primeira fase da Copa do Brasil, a equipe paranaense agora terá pela frente o Figueirense-SC, outro adversário da Série B do Campeonato Brasileiro, na tentativa de avançar mais uma fase no torneio nacional.

Focado no confronto contra os catarinenses, o Arapongão contratou três reforços para esta partida: o zagueiro Marcelo Almeida, ex-Santa Cruz-RS, o meio-campo Safira, ex-Toledo, e o atacante Ermínio, que já defendeu o Arapongas em 2010 e em 2011, e estava na Catanduvense-SP, onde marcou 12 gols na Série A2 do Paulistão. Destes, apenas Ermínio não deve começar como titular. Já o volante Russo, com dores musculares, está vetado.

Desde o domingo passado, elenco e comissão técnica estão concentrados em um hotel-fazenda em Santa Fé. Tudo para os jogadores pensarem apenas no duelo. De acordo com o técnico Lio Evaristo, é preciso ter tranquilidade neste momento de decisão. A expectativa é de casa cheia. A procura por ingressos tem sido grande e, querendo lotar o estádio, a diretoria prorrogou até às 14h de hoje o valor promocional de R$ 31 a entrada.

Figueirense

Vindo de uma eliminação nas semifinais do Campeonato Catarinense, o Figueirense chegou ontem em Arapongas. Para a partida, o técnico Adilson Batista poderá contar com o lateral-direito William Cordeiro e o atacante Rafael Costa. No elenco da equipe, estão velhos conhecidos do torcedor paranaense, como André Rocha e Ricardinho, ex-Atlético, e o atacante Marcelo Toscano, ex-Paraná, além do técnico Adílson Batista.