A confirmação da realização do segundo jogo-teste da Arena Corinthians, em São Paulo, já dentro do período de exclusividade da Fifa, no dia 28, no confronto entre a equipe paulista e o Cruzeiro, pelo Campeonato Brasileiro, abriu uma possibilidade para a Arena da Baixada receber um último evento-teste antes da Copa do Mundo. Entretanto, o Joaquim Américo só poderá receber a partida-teste se o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, que visitará o estádio atleticano amanhã à tarde, constatar a necessidade de realizar o evento com a capacidade total para 43 mil torcedores, que ainda não aconteceu.

Para o coordenador-geral do Estado para assuntos da Copa do Mundo, Mário Celso Cunha, a realização de mais um jogo-teste seria importante apenas para testar os bloqueios nas ruas no entorno do estádio e que fazem parte do perímetro de segurança que será fechado durante os jogos do Mundial em Curitiba. ‘Fizemos o segundo-jogo teste para 30 mil lugares e, realizar mais um, serviria para testar o bloqueio, que não foi testado. Por esse motivo acharia interessante. Mas isso depende do Jérôme (Valcke), pois a Fifa já estará no período exclusivo sobre o estádio’, destacou Cunha.

Wi-fi

Ontem começou a ser instalado o sistema de wi-fi da Arena da Baixada.