O percurso deste domingo de 189 quilômetros, entre Station des Rousses e Avoriaz-Morzine, pela oitava etapa da Volta da França, a mais tradicional prova do ciclismo mundial, foi marcado pelo decepcionante desempenho do norte-americano Lance Armstrong, lenda do esporte e sete vezes campeão da competição francesa.

O famoso ciclista amargou nada menos do que três quedas durante a etapa deste domingo e, com isso, encerrou o dia quase 12 minutos atrás do líder, Andy Schleck, de Luxemburgo, que terminou o percurso em 4h54min11s e viu o espanhol Samuel Sánchez e o holandês Robert Gesink ficarem em segundo e terceiro lugares, respectivamente.

A série de problemas foi decepcionante para Armstrong, que disputa pela última vez na carreira a Volta da França e admitiu que a sua chance de vitória “terminou” por causa do desempenho amargado neste domingo. “Tive um dia muito, muito ruim”, lamentou o norte-americano, que ao mesmo tempo disse que seguirá disputando a prova que será encerrada apenas no próximo dia 25, em Paris.

Por causa das seguidas quedas, Armstrong terminou a etapa deste domingo como 61.º colocado e ocupa agora apenas a 39.ª posição no geral.

E, se Andy Schleck venceu a etapa deste domingo, quem teve mais motivos para comemorar o dia foi o australiano Cadel Evans, que fechou o estágio da corrida em sexto e assumiu a liderança geral.

Já o espanhol Alberto Contador, atual campeão da Volta da França, terminou a etapa de domingo na quinta posição e agora está em terceiro no geral, enquanto Andy Schleck é o segundo depois da vitória neste estágio da prova.

Nesta segunda-feira, os ciclistas aproveitarão um dia de descanso antes da nona etapa, que será realizada na terça-feira, em um percurso de 204,5 quilômetros

entre Morzine-Avoriaz e Saint-Jean-de-Maurienne.