Com um público estimado em 16 mil pessoas, o Autódromo Internacional de Curitiba recebeu neste fim de semana o 9.º Festival Brasileiro de Arrancada. A prova foi marcada por recordes expressivos. Primeiro com o número de inscritos. A prova teve 284 carros inscritos, divididos entre as 17 categorias da modalidade. Mas o principal recorde foi estabelecido pelo piloto paulista André Takeda, que ao completar os 402 metros do quarto de milha da pista em 6s287, estabeleceu um novo recorde brasileiro na categoria dragster de motor dianteiro.

O público provou mais uma vez ser a categoria regional que mais desperta interesse no Paraná. O destaque ficou novamente com os dragster, que na medida que despejavam potência para alcançar velocidades impressionantes, alucinavam a torcida na arquibancada. E de nada adiantou a torcida paranaense. O paulista Takeda conseguiu superar a marca estabelecida pelo paraense Maurício Debarba que marcou o tempo de 7s483. A velocidade final de Takeda foi de 365 km/h no final dos 402 metros de pista.

O Festival teve organização e realização da Força Livre Motorsport com o apoio da BR Petrobras, Voe Internet e Panasônic.

O Festival Brasileiro da categoria terá prova em março de 2003.