São Paulo – Famoso pelos gols e também pelas polêmicas declarações, o atacante Samuel Eto?o, do Barcelona, voltou a ser o centro das atenções ontem. Concentrado com a seleção de Camarões, que disputa a Copa da África de Nações, no Egito, o jogador afirmou que uma mudança em seu nome poderia lhe render muito mais prestígio.

?Se me chamassem de ?Eto?odinho?, seria cem vezes mais reconhecido?, afirmou o camaronês, fazendo alusão ao nome do seu companheiro de clube, o brasileiro Ronaldinho Gaúcho.

As declarações do jogador não pararam por aí. Eto?o ainda afirmou que a falta de reconhecimento não lhe incomoda, pois se considera o melhor jogador do mundo. ?Não me queixo disso. Pelo contrário. Enquanto dizem que o Samuel Eto?o é o terceiro melhor jogador da Fifa, eu me vejo como o primeiro. Estou orgulhoso?, disparou o atacante, que ficou atrás de Ronaldinho e Frank Lampard, do Chelsea, na eleição da Fifa, que premiou os três melhores jogadores do mundo no ano de 2005.

Ainda que Camarões não tenha se classificado para a Copa do Mundo da Alemanha, Eto?o entende que as seleções africanas que se classificaram (Costa do Marfim, Togo, Tunísia, Angola e Gana), estarão representando todo o continente. ?Se a Tunísia jogar, estarei torcendo para eles, assim como irei torcer para todas as outras seleções africanas. Se alguma equipe vencer o Mundial, será por toda a África?, finalizou.

Não é a primeira vez que um profissional do futebol faz um comentário questionando o prestígio de Ronaldinho Gaúcho. Em dezembro de 2005, logo após o brasileiro ser premiado pela segunda vez como melhor jogador do mundo na eleição da Fifa, o técnico da Seleção Argentina, José Pekerman, adotou postura parecida com a Eto?o.

Copa da África tem dois jogos hoje

A Copa da África de Nações começa a fase de quartas-de-final hoje, com dois jogos que envolvem equipes que surpreenderam nas primeiras rodadas da competição disputada no Egito. Ás 11h (horário de Brasília), Guiné encara Senegal, em Alexandria. Às 15h, os donos da casa tentarão superar a República Democrática do Congo, no Cairo. A partida terá transmissão da ESPN Brasil.

Com três vitórias na primeira fase, inclusive sobre a Tunísia -que está na Copa do Mundo -, Guiné aposta na sua força ofensiva para avançar no torneio. Já Senegal confia na experiência de seu elenco.

Mesmo com toda a torcida a favor, os egípcios sabem que todo o cuidado é pouco com a equipe do Congo (ex-Zaire), que passou numa chave que tinha duas seleções classificadas ao Mundial – Togo e Angola -, já eliminados.

Os outros dois confrontos que completarão as quartas-de-final acontecerão amanhã: Camarões x Costa do Marfim e Nigéria x Tunísia.