O atacante Miroslav Klose foi agraciado com prêmio Fair Play da Federação Alemã de Futebol por ter assumido à arbitragem que marcou um gol com a mão no duelo entre Lazio, seu time, e o Napoli, no último dia 27.

Klose assumiu a irregularidade do tento pouco depois de o árbitro da partida ter validado o gol. Pelo gesto, foi aplaudido e recebeu elogios na mídia. O curioso é que o placar estava empatado e no final o Napoli venceu por 3 a 0.

“O árbitro me perguntou se havia tocado a bola com a mão. Confessei que sim. Era o que poderia fazer. Há tantos jovens que assistem aos jogos pela TV, para quem somos modelos”, explicou Klose.

Na época, o presidente da Fifa, Joseph Blatter, chegou a mencionar o ocorrido no Twitter. “Bravo, Miro Klose, por seu gesto na última noite [dia do jogo]. Você mostrou que é possível ser um grande atleta e jogar limpo ao mesmo tempo”, escreveu.

Klose participa hoje do duelo da Alemanha contra a Suécia pela quarta rodada das eliminatórias da Europa para a Copa do Mundo-2014.

O atacante, aliás, é reincidente em casos de fair play. Em uma partida do Campeonato Alemão-2005, Klose, que atuava no Werder Bremen, entrou em campo contra o Arminia Bielefeld. O árbitro marcou pênalti quando o atacante se chocou com o goleiro rival, mas Klose avisou que não havia sofrido falta, e o lance foi anulado.