O atacante nigeriano Endurance Idahor, do El-Merriekh, morreu na noite de sábado, depois de cair em campo durante uma partida do Campeonato Sudanês contra o Al-Amal. O jogador chegou a receber atendimento médico, mas morreu no caminho para o hospital.

A morte causou grande comoção e partida foi encerrada antes do final. A razão da morte ainda não foi esclarecida, mas o mais provável é que Idahor tenha sido vítima de um ataque cardíaco.

Idahor tinha 25 anos e chegou a defender a seleção sub-23 da Nigéria. O atacante chegou ao Al-Merreikh em 2006. Em 2009, foi emprestado ao Al-Nasr, dos Emirados Árabes, retornando depois ao futebol do Sudão.

“Chegaram a dizer que ele havia levado uma cotovelada durante o empurra-empurra na cobrança de falta. Mas as imagens mostram que antes da cobrança ele já estava agachado, como se estivesse se sentindo mal, ou com dificuldades de respirar. Foi uma fatalidade”, afirmou Paulo Campos, técnico do Al-Hilal.

O treinador brasileiro esteve presente ao velório. “Fui ao velório junto com alguns dirigentes e jogadores da minha equipe prestar solidariedade à família dele e fiquei impressionado como o clube estava lotado. O povo sudanês é muito carinhoso e ficou chocado com o que aconteceu. Falei também com o Carbone, que dirige o El-Merriekh, e ele estava muito abalado”, disse.