Desde o início do Campeonato Brasileiro, 20 jogadores já entraram em campo pelo Atlético. Destes, apenas o goleiro Weverton, o zagueiro Manoel e o lateral-esquerdo Pedro Botelho foram constantemente titulares antes de a competição parar por causa da Copa das Confederações.

O setor com maior rotatividade é o ataque, onde cinco jogadores já se revezaram, mas apenas Éderson – um dos artilheiros do campeonato, com 4 gols – parece estar garantido. Já Marcelo, Marcão, Ciro e Douglas Coutinho tentam ganhar moral com o técnico Ricardo Drubscky.

O segundo setor com mais variações foi o sistema de contenção, onde Deivid, João Paulo e Juninho, além de Derley (emprestado ao Náutico) já foram usados. Agora, os jogadores remanescentes ganharam a concorrência de Bruno Silva. Recentemente contratado da Ponte Preta.

Outra posição que tende a ser disputada a partir da retomada do Brasileiro é a de ponta-de-lança, que comanda o meio-campo. Nela, Elias parecia que seria protagonista, mas se lesionou e não disputou as três primeiras rodadas. Melhor para Paulo Baier, que comandou a vitória contra a Ponte Preta (4 x 3) e voltou a ser titular. A dúvida é saber se o veterano jogador, de 38 anos, conseguirá ter uma sequência de jogos a partir de 6 de julho.