O Athletico já faturou R$ 10,8 milhões com as transmissões em TV aberta e web pela Globo no Brasileirão. Ao todo, o Furacão apareceu na tela da emissora em nove oportunidades e, por causa disso, tem direito a R$ 1,2 milhão por partida, montante que integra o que a emissora separou para distribuir por exibições.

+ Leia também: Artilheiro do Furacão, Marco Ruben amarga jejum de anos anteriores

Foram oito jogos veiculados na TV aberta, contra Vasco, Fortaleza, Corinthians, Flamengo, Fluminense, Palmeiras, Internacional e Botafogo, Destes, três também foram transmitidos na plataforma online do GloboEsporte.com, diante de Fortaleza, Flamengo e Internacional. E, ainda, o duelo com o Grêmio, exclusivamente no site da emissora, no último sábado (24).

+ Mais na Tribuna: Bruno Nazário passará por nova cirurgia no joelho

Os R$ 10,8 milhões recebidos até então estão dentro do contrato com a Globo para exibição em TV aberta até 2024. Para a TV fechada, o Rubro-Negro fechou com a Turner um total de 12 partidas transmitidas, mas não assinou com a Globo para a transmissão de suas partidas pelo Premiere, no sistema pay-per-view.

+ TRIBUNA ESTREIA SEU PODCAST DE FUTEBOL PARANAENSE! SAIBA COMO BAIXAR E OUVIR O PODCAST DE LETRA!

O valor total do novo contrato da Globo com os clubes da Série A para a TV aberta é de R$ 600 milhões. Desta cifra, 40% do dinheiro é dividido igualmente para todos os clubes, 30% por meio de premiação pela posição em que o time terminar o Brasileirão e outros 30% pela exibição em TV aberta (R$ 180 milhões).

Por outro lado, o Athletico teve outras seis partidas que não tiveram exibição em nenhum canal, por causa de questões contratuais. Foram os casos dos duelos com Chapecoense, Goiás, CSA, Cruzeiro, Atlético-MG e São Paulo.

+ Confira a classificação completa do Brasileirão!

Como o Furacão não pode ser exibido em PPV pela Globo, a emissora está transmitindo mais duelos do Furacão em TV aberta e, ainda, na internet. Uma forma encontrada para competir com a Turner.