O Athletico confirmou, neste sábado, a contratação do zagueiro Pedro Henrique. O jogador, de 23 anos, pertence ao Corinthians, realizou exames médicos na última sexta-feira (28) e foi emprestado ao Furacão até o final da temporada.

“Quando meu empresário me ligou, falando da consulta do Athletico, fiquei muito feliz e na hora falei para ele que queria vir. Tinham outras coisas, mas preferi vir pra cá pelo tamanho do clube, pela estrutura e por tudo que o Athletico vem fazendo nos últimos anos, conquistando títulos e crescendo sempre. Isso me motivou”, afirmou ele, em entrevista ao site oficial do Rubro-Negro.

+ Leia também: Furacão encara o Cerro Porteño em reencontro com a torcida e festa no estádio

Neste segundo semestre, o time atleticano terá uma verdadeira maratona de jogos, entre Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil, Libertadores e Levain Cup, a antiga Copa Suruga. E este calendário também motivou o atleta a vir para Curitiba.

+ Mais na Tribuna: Athletico fará jogo-treino com o Londrina

“Eu optei pelo Athletico também pelas competições. Esse calendário é importante e vai dar oportunidade para todos jogarem. Libertadores é uma competição diferente. Ter já o Boca Juniors, que é uma equipe com tradição no torneio, vai ser fantástico. Fico muito feliz de poder participar desse momento. Isso vai agregar muito na minha carreira e espero que possamos ser felizes nestas partidas”, disse o zagueiro, que não poderá jogar na Copa do Brasil, competição pela qual já jogou com a camisa do Corinthians.

https://twitter.com/AthleticoPR/status/1144998578529718272

No clube paulista, aliás, Pedro Henrique vinha perdendo espaço. Foram apenas nove jogos disputados, sendo o último no início de maio. Agora, ele espera ganhar mais tempo em campo e, para isso, se coloca à disposição para atuar em qualquer lado da defesa.

+ Confira a classificação completa do Brasileirão

“Conversei um pouco com o Tiago Nunes e foi muito bom. Ele perguntou o lado que eu gostaria de jogar e falei que não tenho preferência. No Corinthians, já joguei pelos dois lados muito tempo. Então, espero aprender bastante aqui, para ajudar no que for preciso”, completou o canhoto defensor, que vestirá a camisa número 34.

Com a aposentadoria de Paulo André e Thiago Heleno ainda suspenso por conta do doping, o técnico Tiago Nunes tem à disposição no setor, além de Pedro Henrique, Léo Pereira, Robson Bambu e Lucas Halter.

Confira a entrevista completa de Pedro Henrique: