“El terror de Boca y de River”. A manchete é do Diário Olé, principal veículo esportivo da Argentina e que faz uma análise do Athletico que, em maio, vai enfrentar os dois maiores clubes da Argentina pela Libertadores da América e pela Recopa Sul-Americana. O bom momento que vive o Furacão criou um respeito dos argentinos, que veem o time comandado pelo técnico Tiago Nunes como um adversário de peso nos duelos contra Boca Juniors, na semana que vem, e nas duas partidas diante do River Plate.

Esse respeito não é para menos. O próprio Boca Juniors, recentemente, sentiu na pele a força do Athletico ao ser goleado por 3×0, na Arena da Baixada, ainda pelo primeiro turno da Libertadores da América. Por isso, o Diário Olé avisa que o Furacão não será um adversário fácil.

+ Leia mais: Destaque do Athletico, Bruno Guimarães volta a ser sondados por clubes europeus

“Boca e River já estão avisados e sabem que o Athletico não é um osso fácil. Pelo contrário, pode se tornar o terror de ambos”, diz um trecho da reportagem. A reportagem do principal jornal esportivo da Argentina também elenca os pontos fortes e fracos do Athletico. Para eles, o Furacão é um time que coloca medo nos adversários. O destaque é para o artilheiro argentino Marco Ruben e para os outros “hermanos” do elenco rubro-negro – Lucho González e Tomás Andrade.

Por outro lado, o Diário Olé ressalta as dificuldades que o Athletico encontrou na Libertadores da América de atuar fora de casa. Os nove pontos que tem e que lhe dão a liderança momentânea do grupo G da competição internacional foram conquistados dentro da Arena da Baixada. Longe do Caldeirão, o time atleticano perdeu para o Deportes Tolima, na Colômbia, por 1×0, e para o Jorge Wilstermann, em Cochabamba, por 3×2.

+ Confira a classificação completa do Brasileirão

O Athletico terá pela frente agora três duelos contra argentinos em menos de um mês. Na próxima quinta-feira, dia 9, encara o Boca Juniors, na Bombonera, em Buenos Aires. Depois, no dia 22, recebe o River Plate, na Arena da Baixada, no primeiro duelo da Recopa Sul-Americana. Uma semana depois, volta a Buenos Aires para decidir o título do torneio.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!