O técnico interino Eduardo Barros vai completar diante do Ceará, quinta-feira (8), pela 14ª rodada do Brasileirão, sua décima partida no comando do Athletico. Ele assumiu o time após a demissão de Dorival Júnior em 28 de agosto.

Até o momento, o jovem de 35 anos tem aproveitamento somando Brasileiro e Libertadores de 51,8%. Na Série A, são duas vitórias, dois empates e duas derrotas. Já na competição continental, duas vitórias e um empate.

>> Tabela e classificação do Campeonato Brasileiro

A classificação para as oitavas de final da Libertadores e o retorno de um padrão de jogo mais confiável acalmaram a pressão no clube. Mesmo assim, Barros segue os passos de Tiago Nunes no Furacão ao ser mantido no cargo interinamente.

Barros no caminho de Tiago Nunes

Nunes passou por situação semelhante em 2018. Assumiu o time na zona do rebaixamento após a demissão de Fernando Diniz e permaneceu como técnico interino por mais de seis meses. Ele só foi efetivado em janeiro de 2019 após a conquista inédita da Sul-Americana.

No Athletico, a diretoria não se pronuncia sobre o futuro do técnico, mas também não tem pressa para mudar o comando. O prazo era até o primeiro jogo contra o Jorge Wilstermann, na metade de setembro, e os resultados agradaram.

Do outro lado, Barros, que era auxiliar de Fernando Diniz, também adota um discurso comedido nas entrevistas. Não pressiona e nem exige efetivação imediata.

Enquanto isso, o clube reforçou o elenco para auxiliar o promissor treinador na temporada. Apesar da punição da Fifa e de uma ação do Albirex na Fifa sobre o “caso Rony”, o Furacão contratou o meia Jorginho, além dos atacantes Fabinho e Renato Kayzer.

+ Mais do Furacão:

+ Athletico recusa proposta milionária por Wellington
+ Coritiba e Athletico têm os piores ataques do Brasileirão. Explicamos os motivos
+ Renato Kayzer larga como titular e marca primeiro gol pelo Athletico


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?