Ibagué, Colômbia – A pequena cidade de Ibagué, na Colômbia, já respira futebol aguardando pelo jogo entre Athletico e Tolima, pela Copa Libertadores. O confronto será nesta terça-feira (5), a partir das 21h30, no estádio Manuel Murillo Toro, que tem capacidade para 31 mil torcedores. Para o Furacão, a partida vale muito, já que será o primeiro jogo do time comandado pelo técnico Tiago Nunes, que, finalmente, poderá testar seu elenco e pôr à prova até onde o time pode chegar nesta temporada.

+ Direto da Colômbia: Confira todas as informações sobre a estreia do Athletico

Com um calendário repleto de competições importantes no ano, o Rubro-Negro vê na Libertadores uma chance para continuar fazendo a marca “El Paranaense” crescer na América do Sul. Após se consagrar como campeão da Copa Sul-Americana, o time tem aspirações ainda maiores e para isso precisa chegar longe na disputa.

E a sexta participação do time Libertadores a ser incluída no currículo, a melhor participação do Athletico foi em 2005, quando foi vice-campeão. No Grupo G da competição neste ano, o Furacão ainda terá pela frente, na fase de grupos, o Jorge Wilstermann, da Bolívia, e o multicampeão Boca Juniors, da Argentina.

+ De olho: Saiba a situação de cada adversário do Furacão na Colômbia

Para a primeira partida oficial do ano do time principal, os grandes desfalques do elenco atleticano a serão o volante Lucho González e o lateral-direito Jonathan, que não foram relacionados para o jogo por ainda estarem se recuperando de lesões. Ambos foram titulares absolutos na campanha vencedora da Sul-Americana 2018, sendo Lucho, inclusive, capitão da equipe. Com isso, quem deve ocupar a posição na ala é Madson, que veio ao Athletico de empréstimo do Grêmio. Para a vaga do Comandante, Tiago Nunes tem Camacho e Wellington como as principais opções.

Estrear com vitória na temporada será de extrema importância para que o Furacão consiga provar que os cerca de dois meses de preparação foram bem aproveitados e de que 2019 poderá trazer ainda mais conquistas ao time.

Jornada

Para enfrentar os cerca de 7.400 quilômetros de distância que separam Curitiba de Ibagué, a viagem do Furacão começou com antecedência. No sábado, a delegação seguiu viagem para São Paulo, onde passou a noite. Ontem, o time treinou pela manhã na capital paulista e só depois do almoço embarcou para Bogotá. Chegando à capital da Colômbia, depois de quase seis horas de voo, o grupo ainda precisou pegar um ônibus para percorrer aproximadamente 200 quilômetros até o destino, um trajeto que devido ao trânsito pode levar até quatro horas. A agenda do Athletico já na cidade do Tolima, nesta segunda-feira (4), data que antecede o duelo, inclui um reconhecimento do gramado do palco da partida, além de uma última atividade em terras colombianas.

Ibagué

A pequena cidade de Ibagué fica a cerca de 200 quilômetros da capital Bogotá, em uma região cercada de montanhas. Com uma população de cerca 550 mil pessoas, o jogo está sendo aguardado com expectativa pela população. Em uma rápida volta nos arredores do centro da cidade, não era difícil encontrar torcedores do “El vinotinto y oro”, como o time é conhecido.

+ Leia mais: Athletico inicia jornada na Libertadores 2019

Dando início à sua sétima participação na Libertadores, los hinchas podem facilmente encontrar camisas do time nas diversas barraquinhas de camelôs que ficam instaladas no centro de Ibagué, uma região colorida com as cores de seu povo e sua paixão pelo futebol.

+ APP da Tribuna: As notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!