O técnico interino do Athletico, Eduardo Barros, justificou o motivo de ter entrado com um time reserva na derrota para o Flamengo, por 3 a 1, neste domingo (04). Ao todo, foram nove mudanças na escalação inicial. Mas, no segundo tempo, o treinador utilizou três titulares, casos de Wellington, Christian e Erick.

“Entendemos que o momento de poupar era esse, que a rotação seria importante”, disse Barros, em entrevista à TV Globo, antes do jogo.

Tabela e classificação do Brasileirão

No primeiro tempo, o Furacão conseguiu atuar de igual para igual, pressionar a saída de bola do Flamengo e criar chances para marcar. Mas, nos 45 minutos finais, a equipe caiu de rendimento e viu o rubro-negro carioca dominar o jogo.

“Em um duelo difícil como esse, quando a gente consegue neutralizar as chances do adversário, e cria chances reais de gol, não marcar acaba fazendo a diferença. Sabíamos que, em algum momento, o Flamengo tentaria controlar o jogo. Foi uma infelicidade”, concluiu, em entrevista à Rádio Banda B.

Flamengo 3 a 1 Athletico: Ficha técnica e informações

A pontuação liga o sinal de alerta no clube. Com a rodada em andamento, o rubro-negro é o décimo segundo colocado, com 14 pontos. O problema é que apenas dois pontos separam a equipe de três dos quatro times que estão na zona de rebaixamento.

>> Blog do Cristian: Arrascaeta e Everton Ribeiro decidiram

Na próxima quinta-feira (08), o Athletico tem pela frente o Ceará, às 19h, na Arena da Baixada. O duelo é o primeiro de uma sequência de quatro jogos que o Furacão vai poder focar só no Brasileirão.

+ Mais do Furacão:

+ Maior ídolo do Athletico, Sicupira emociona público ao lançar livro
+ Time da Turquia quer tirar Wellington do Athletico


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?