O Athletico, enfim, vai poder contar com seu time ideal voltado exclusivamente ao Campeonato Brasileiro. Nesta quinta-feira (26), o Rubro-Negro recebe o Fortaleza, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro, contando com seu elenco totalmente dedicado à competição. O objetivo é subir de posições e acabar a competição em uma posição melhor que a atual. O Furacão hoje ocupa o nono lugar somando 27 pontos, mas tem quase todo o returno para mostrar o que pode fazer mais.

Após o Furacão precisar se dividir entre outras competições ao longo de todo o primeiro turno e viver intensamente a festa do título da Copa do Brasil nos últimos dias, o momento é de retomada dos compromissos. O técnico Tiago Nunes terá como escalar sua equipe com o que há de melhor em mãos e isso, sem dúvidas será um diferencial.

Leia mais: Athletico contrata ex-jogadora para cuidar de departamento de futebol

“Os jogadores que tiverem condições físicas de jogar, emocional, vão ser escalados. Eu não vou ter essa preocupação de fazer rodízio e nem nada”, falou o comandante, após o empate em 1×1 com o Vasco, em São Januário, na última rodada. Os confrontos em que o time entrou em campo com formações alternativas no Brasileiro, para priorizar outras competições, foram o empate em 1×1 com a Chapecoense, as derrotas por 2×0 para o Corinthians e 3×2 para o Flamengo, o empate em 1×1 contra o Santos e nas derrotas em 2×1 para o Botafogo e por 1×0 diante do então lanterna Avaí. O único triunfo com o time reserva foi a goleada por 4×0 sobre o CSA. Portanto, de 21 pontos em disputa, o time conseguiu somar apenas cinco. Há ainda outros jogos em que Tiago Nunes poupou alguns jogadores, mas foram nas partidas citadas que a maior parte do time era composto por reservas.

Podendo escalar com mais liberdade, Nunes comentou na mesma entrevista depois do empate na última rodada, sobre o fato de a Série A ter premiações financeiras envolvidas. Por isso, o Furacão vai se dedicar a estar entre os primeiros colocados, mesmo que já esteja com a vaga garantida na Copa Libertadores 2020.

+ Confira a tabela e a classificação do Brasileirão!

A vontade do técnico em fazer a equipe decolar na disputa também é o desejo do elenco atleticano. O meia-atacante Nikão, por exemplo, falou como o fato de o Athletico ter comemorado a inédita conquista nacional não fez com que o grupo desistisse da Série A. Pelo contrário, o elenco está motivado a ser, finalmente, ‘testado’ no Brasileirão. “Quando você é campeão, ainda mais da Copa do Brasil, a sensação das pessoas é que a gente vai relaxar, mas não é esse o nosso objetivo”, concluiu.