O goleiro Santos, do Athletico, foi operado com sucesso nesta quinta-feira (27), no Instituto do Joelho do HCor, em São Paulo. O atleta de 29 anos passou por uma artroscopia no joelho direito para correção de lesão do menisco e cartilagem do fêmur. A lesão foi sofrida na derrota para o Flamengo, na Supercopa do Brasil, no dia 16 de fevereiro.

O médico responsável pela cirurgia, Dr. Renê Abdalla, fala sobre quando o goleiro poderá voltar às atividades. “A previsão de retorno aos gramados é de 2 a 3 meses e o atleta deve realizar tratamento focado em sessões de fisioterapia e fortalecimento muscular”, explica o especialista.

Se ficar dois meses fora, Santos deverá perder cinco dos seis jogos do Furacão na fase de grupos da Libertadores. Se ele ficar esse tempo fora, voltaria apenas dia 5 de abril, na última rodada, contra o Peñarol, em Montevidéu, Uruguai.

A estreia será na próxima terça-feira (3), diante do próprio Peñarol, às 21h30, na Arena da Baixada. O goleiro Jandrei, recém-contratado, será o titular enquanto o ídolo atleticano estiver em recuperação.

+ Mais do Furacão:

+ Athletico gastou menos que adversários na disputa da Libertadores
+ Athletico tem tempo reduzido pra inscrever jogadores pra Libertadores
+ Presidente do Coritiba detona Athletico por dívida da Arena