Classificar em primeiro lugar no grupo C da Libertadores é fundamental na visão do técnico interino do Athletico, Eduardo Barros. A equipe enfrenta o Jorge Wilstermann na próxima terça-feira (29), na Arena da Baixada, às 21h30, pela quinta rodada da competição continental.

“Eu considero fundamental. Vamos brigar se possível pelos próximos seis pontos em disputa e para que terminemos em primeiro lugar”, frisou Eduardo Barros.

O Athletico tem nove de 12 pontos disputados e é líder isolado do grupo. Diante da equipe boliviana, um empate já sacramenta a classificação do Furacão para as oitavas de final. Se avançar em primeiro, o time tem a vantagem de decidir o mata-mata em casa.

Tabela do Brasileirão 2020: veja a classificação e todos os jogos

O mando tem se mostrado fundamental para o Furacão na Libertadores. No ano passado, quando chegou às oitavas e caiu para o Boca Juniors (ARG), o Athletico perdeu todas as partidas longe da Arena da Baixada.

Athletico não poderá contar com Renato Kayzer

Para o duelo, Barros não poderá contar com o recém-contratado Renato Kayser. O atacante só poderá ser inscrito na competição em caso de classificação para a próxima fase. O comandante elogiou o atleta, que estreou diante do Bahia, no triunfo por 1 a 0, pelo Brasileirão.

“Ele tem muita qualidade e vai trazer para o grupo o que tem de melhor, como finalização. Assim vamos subir de nível de forma coletiva”, concluiu.

Veja a coletiva do técnico Eduardo Barros:

+ Mais do Furacão:

+ “Me cobro muito”, diz Santos, decisivo no Athletico e convocado pra seleção
+ Athletico bate o Bahia na Arena e vence quarta seguida
+ Athletico anuncia contratação de “chefão” do futebol


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?Apoie a Tribuna!Adicionar Botão