O Athletico pode ficar muito perto de se classificar para as oitavas de final da Copa Libertadores. Hoje, o Furacão encara o Deportes Tolima, na Arena da Baixada, a partir das 19h15. O duelo é válido pela quarta rodada do grupo G e, caso o Rubro-Negro vença, vai para as duas rodadas finais com mais tranquilidade. O Athletico é o atual líder com seis pontos, enquanto os colombianos ocupam a terceira colocação, com quatro, e jogam ‘a vida’. Por isso, o confronto tende a ser difícil.

+ Leia mais: Petraglia mete a boca na Fanáticos. De novo!

Adversário que se mostrou duro no início da competição, o Tolima é justamente a única equipe que derrotou o time do técnico Tiago Nunes na temporada. ‘Los Pijaos’ venceram o Rubro-Negro no dia 5 de março, na estreia da Libertadores, na Colômbia, por 1×0. Porém, após o revés, o time atleticano reagiu na competição, goleando o Jorge Wilstermann da Bolívia por 4×0 e aplicando um convincente 3×0 em cima do Boca Juniors, da Argentina. Com isso, o Athletico e chegou à liderança e se consolidou como um dos favoritos do grupo. Caso some mais três pontos em cima do Tolima e chegue a nove, irá para as duas rodadas finais desta etapa da disputa precisando somar apenas mais um ponto para chegar à semifinal.

+ Confira: Confira o provável time do Furacão pra pegar o Tolima

Por outro lado, o jogo é de vida ou morte para a equipe ‘Vinotinto y Oro’. Ainda que tenham vencido o Furacão, os colombianos perderam por 3×0 para o Boca Juniors e empataram em 2×2 com o Jorge Wilstermann. Caso percam e também dependendo do resultado da partida entre Boca e Wilsterman, podem ficar muito distantes da classificação. E por todos esses fatores que o técnico Tiago Nunes sabe das dificuldades que vai enfrentar.

“É um jogo muito duro, difícil, uma equipe que tem um contra-ataque muito forte, uma bola parada muito boa. A gente vai ter que merecer muito para vencê-los aqui”, explicou.

+ Veja ainda: Athletico tira onda após golaço na semifinal do Paranaense

Apostando na boa sequência do Athletico, a tendência é que Nunes repita a formação do time que sufocou o Boca Juniors na semana passada. No meio campo, Lucho González deve permanecer na equipe. O argentino esteve de fora nos dois primeiros compromissos do time no ano por conta de uma lesão e outro ‘hermano’, o também argentino Tomás Andrade, estava na função. Porém, “El Comandante” foi o capitão do Rubro-Negro em seu retorno aos gramados e deve permanecer entre os titulares.

+ Também na Tribuna: Tolima mostra ter estudado bem o estilo do Furacão

Tiago Nunes quer repetir a dose em relação aos excepcionais desempenhos de seu time e também, aproveitando o fator casa, quer contar novamente com o apoio da torcida empurrando o Athletico das arquibancadas. Assim, para ele, ficará mais fácil que o Furacão chegue perto de avançar na Libertadores.

“É um jogo muito importante. Se o nosso torcedor se fizer presente, como fez contra o Boca, ficamos mais próximos de conseguir um resultado positivo”, arrematou.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!