O Athletico confirmou, na manhã desta quinta-feira (7), a redução salarial de 25% de boa parte dos funcionários e jogadores. Em nota publicada no site oficial, o Furacão explicou as medidas, que afetarão todo o elenco, mas poupará funcionários que ganham até R$ 5 mil mensais.

“Para os atletas, um acordo coletivo foi feito nos mesmos moldes, com preservação da remuneração líquida de 75%. Isto também se aplicará às remunerações de direito de imagem. A decisão foi tomada em comum acordo com os atletas, que compreenderam a situação e necessidade de auxílio neste momento tão delicado do país”, diz parte da nota.

A decisão foi bem aceita pelo grupo. O goleiro Santos ressaltou que essa redução ajudará a manter empregos no clube e que isso é o mais importente.

“Entendemos a importância dessas decisões. Para nós, o fundamental é o clube se preocupar com todos os funcionários e não apenas com os jogadores. São todos parte desta instituição e agindo desta forma, podemos ajudar muita gente. Eu estou aqui há 12 anos e o Athletico sempre honrou com tudo que se comprometeu. Quando tudo isso passar, as coisas vão voltar ao normal e vamos seguir na nossa caminhada, com o clube ainda mais fortalecido”, destacou o arqueiro, em entrevista ao site oficial atleticano.

+ Sem cortes: Podcast De Letra entrevista Augusto Mafuz

O técnico Dorival Júnior também seguiu a mesma linha e defendeu esse sacrifício momentâneo.

“É um momento inusitado que todos nós estamos vivendo. Vínhamos conversando a respeito disso com frequência. E o mais importante foi a postura que teve a diretoria do Athletico, no sentido de manter seu quadro de colaboradores e jogadores. Foi fundamental e valeria a pena qualquer sacrifício que fosse feito. Eu fiquei emocionado com a possibilidade de ter todas as pessoas permanecendo nas suas funções”, disse o treinador.

Confira a nota completa do Athletico:

Em meio à pandemia do Covid-19, o futebol também foi afetado de forma drástica com a paralisação total dos jogos e a perda de receitas.

Pensando na manutenção dos empregos, o Athletico Paranaense fez proposta de acordo individual aos seus colaboradores para implementação de Redução Temporária de Jornada/Carga e Salário, baseado na Medida Provisória 936 de 2020.

A redução será aplicada de acordo com os critérios da Medida Provisória, sendo que serão preservados na integralidade a remuneração líquida dos colaboradores com salários até R$ 5 mil. Para os que recebem acima disso, será preservada a remuneração líquida de 75%. As reduções serão aplicadas de 07/05/2020 a 05/08/2020, podendo ser interrompidas, a qualquer momento, na hipótese de retomada normal das atividades.

Para os atletas, um acordo coletivo foi feito nos mesmos moldes, com preservação da remuneração líquida de 75%. Isto também se aplicará às remunerações de direito de imagem. A decisão foi tomada em comum acordo com os atletas, que compreenderam a situação e necessidade de auxílio neste momento tão delicado do país. O acordo coletivo está sendo formalizado com a participação do SAPEPAR – Sindicato dos Atletas Profissionais do Estado do Paraná.

Os treinamentos no CAT do Caju foram interrompidos no dia 15 de março. Na mesma semana, os demais colaboradores do quadro administrativo iniciaram o período de home office, seguindo as orientações dos órgãos de saúde para contenção da transmissão do vírus.

Na sequência, foram programadas férias de 30 dias aos colaboradores e atletas. O período para o elenco principal foi concedido de 1º a 30 de abril. Apensar do término das férias, os atletas seguem trabalhando de suas respectivas casas, até que seja autorizado o retorno ao Clube, de forma gradativa.

O Athletico Paranaense agradece mais uma vez a solidariedade dos atletas rubro-negros e a compreensão de todos colaboradores.

+ Mais do Furacão:

+ Athletico entrega máscaras gratuitas aos sócios
+ Dorival Júnior exalta o Athletico por manter funcionários durante pandemia
+ Você vota: Qual o maior jogador da história do Athletico?


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?