Contestado no primeiro turno do Campeonato Paranaense por conta dos resultados e das atuações ruins, o Athletico virou a sensação da segunda metade do Estadual. Com duas goleadas em dois jogos, o Furacão se prepara para a “final antecipada” do grupo A nesta quarta-feira (20), às 21h30, diante do Operário, na Arena da Baixada. Emplacar a terceira vitória seguida, além de confirmar de vez a nova fase e o bom momento do time atleticano, pode encaminhar a classificação do Rubro-Negro para a semifinal do segundo turno do torneio.

+ Chance: Jogadores do Furacão festejam oportunidade no Estadual

Com seis pontos, o Athletico é o líder da chave e é perseguido de perto pelo time de Ponta Grossa, que tem quatro. Se vencer, o Furacão abre cinco pontos do Operário faltando apenas duas rodadas para o final do segundo turno. Por conta disso, o técnico Rafael Guanaes, mesmo com o bom momento do time rubro-negro descarta qualquer clima de tranquilidade para a sequência do trabalho.

“O treinador nunca está tranquilo. Eu sou inquieto. É uma busca incessante para que o time seja melhor, para que os jogadores possam ser melhores também. Enquanto não terminar o segundo turno entre os classificados não terá tranquilidade alguma”, apontou o comandante atleticano.

+ Opinião: Que futebol queremos para nossas crianças?

Rafael Guanaes enalteceu a importância do duelo diante do Operário por ser um confronto direto e espera uma partida complicada para o Athletico. “Vamos ter esse jogo na quarta-feira. Será uma partida difícil e diante de um adversário que vem logo atrás de nós. Então, não tem tranquilidade e vamos manter o foco nesses próximos passos”, acrescentou o treinador.

Além do duelo diante do Operário, o Athletico terá mais um compromisso dentro de casa, no sábado (23), às 18h, diante do Foz do Iguaçu, podendo, quem sabe, carimbar matematicamente sua vaga para a semifinal do segundo turno do Campeonato Paranaense. Mas para isso, primeiro, o time rubro-negro terá que passar pelo Fantasma. Adversário de qualidade e que, neste ano, vai disputar a Série B do Campeonato Brasileiro.

+ Balanço: Times das séries A e B enfim dominam o Paranaense

Para o comandante atleticano, chegou a hora de o Furacão fazer valer de vez o fator casa e somar mais seis pontos na dobradinha que terá dentro da Arena da Baixada. “É o momento de a gente conseguir tirar proveito, sabendo que serão jogos difíceis e cada jogo é uma história. É conseguir se recuperar bem para quarta-feira, estudar bem o adversário, impor nosso jogo e buscar ser melhor para construir mais uma vitória”, projetou o treinador.

Mesmo comedido diante do melhor momento do time de aspirantes do Athletico no Campeonato Paranaense, o técnico Rafael Guanaes sabe que as boas atuações recentes contra Toledo e Maringá sustentaram o trabalho que está sendo realizado desde o início da temporada. O Furacão, em dois jogos, conseguiu duas vitórias e conseguiu marcar nada menos do que 12 gols.

+ Confira a classificação completa e a tabela da Taça Dirceu Krüger

“Era primordial que o cenário do segundo turno fosse mais positivo, pois a equipe comprou a ideia apresentada. Essa última semana foi de muita concentração, porque nós sabíamos que íamos enfrentar um adversário difícil e nossos treinos têm sido focados muito nessa concentração”, concluiu Guanaes.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!