O Athletico venceu o líder Atlético-MG por 2×0, em jogo atrasado, emendou o terceiro triunfo seguido e subiu para o 10ª lugar na tabela do Brasileirão. Nesta quarta-feira (18), o Rubro-Negro foi ao Mineirão, em Belo Horizonte, encarar o Galo pela sexta rodada e cravou a vitória com gols de Christian e Nikão.

O placar favorável tirou o Furacão da zona de rebaixamento e pulou da 17ª posição para o meio da tabela, com 25 pontos.

O próximo compromisso do time será no sábado (21), diante do Santos, na Arena da Baixada, pela 22ª rodada.

O Galo segue na liderança, com 38 pontos. A equipe foi a campo com desfalques. Somente nos dias que antecederam o jogo, foram 20 diagnósticos de Covid-19 entre jogadores e membros da comissão técnica, incluindo o treinador Jorge Sampaoli, que cumpre isolamento em casa.

+ Confira como foi o jogo no Tempo Real!

O Athletico começou muito pressionado, com o Atlético-MG criando as melhores possibilidades e fazendo um blitz no ataque em busca do gol.

Porém, o Furacão aos poucos foi equilibrando as coisas e soube aproveitar melhor as oportunidades. Aos 34, Fernando Canesin, da direita, passou para Christan, que, na área, chutou forte e abriu o placar.

Aos 46, Nikão ampliou. O camisa 11 recebeu na direita, avançou até o meio e na entrada da área mandou uma bola indefensável, que morreu no fundo da rede.

Santos também foi decisivo pra vitória do Athletico. Foto: Pedro Souza / Agência Galo / Atlético

Na segunda etapa, os mineiros voltaram a pressionar com intensidade. A tentativa da virada do placar durou toda a etapa complementar.

+ Confira a classificação completa do Brasileirão!

Santos foi muito acionado, mas conseguiu afastar o perigo e contribuiu diretamente para a vitória do Furacão, que emplacou uma boa sequência e já abriu uma certa vantagem da zona de rebaixamento.

Ficha técnica

BRASILEIRÃO
6ª rodada
18/11/2020

Atlético-MG 0x2 Athletico

Atlético-MG
Everson; Bueno, Talison (Wesley), Igor Rabello e Guilherme Arana; Jair, Hyoran (Nathan) e Zaracho (Calebe); Marrony (Dylan), Keno e Eduardo Sasha.
Técnico: Leandro Zago

Athletico
Santos; Erick, Pedro Henrique, Thiago Heleno e Abner Vinícius; Richard (Wellington), Christian e Fernando Canesin (Léo Cittadini); Nikão (Zé Ivaldo), Reinaldo (Fabinho) e Renato Kayzer (Guilherme Bissoli).
Técnico: Paulo Autuori

Local: Mineirão (Belo Horizonte-MG)
Árbitro: Dyorgines Jose Padovani de Andrade (ES)
Assistentes: Fabiano da Silva Ramires (ES) e Katiuscia M Berger Mendonça (ES)
VAR: Jose Claudio Rocha Filho (SP)
Gols: Christian, 34, e Nikão, 46 do 1º
Cartões amarelos: Keno, Bueno (CAM); Richard, Christian (CAP)


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?