Adversário do Athletico nesta quarta-feira (23), às 19h15, na Arena da Baixada, pela quarta rodada do Grupo C da Libertadores, o Colo-Colo desembarcou em Curitiba, no final da tarde de terça-feira (22), com desfalques importantes. Artilheiro do time, o atacante Esteban Paredes, e o zagueiro Barroso, lesionados, ficaram em Santiago.

No entanto, a equipe ainda conta com nomes importantes para este confronto, como o zagueiro Insaurralde e o atacante Pablo Mouche, que marcou o gol da vitória por 1×0 em cima do Furacão, no primeiro jogo entre as duas equipes, em março.

+ Confira a classificação da Libertadores

De lá pra cá, muita coisa mudou. Por conta da pandemia do novo coronavírus, o futebol foi paralisado. O Campeonato Chileno voltou no final de agosto. Mas o adversário rubro-negro não atravessa um bom momento.

Apesar de ter vencido o Peñarol por 2×1 na semana passada, pela Libertadores, e ser o vice-líder do grupo, o Colo-Colo ainda não ganhou no retorno ao torneio nacional. Em quatro jogos, foram dois empates e duas derrotas.

Ao todo, entre confrontos antes e depois da paralisação, o Chileno já teve 11 rodadas disputadas. O Cacique é apenas o 15ª colocado, com nove pontos, longe das disputas por título, Libertadores e Sul-Americana, e bem próximo da zona de rebaixamento – apenas três times estão atrás.

Nada que tire a confiança do técnico Gualberto Jara. O treinador acredita que o Athletico adotará uma postura ofensiva jogando na Arena e por isso aposta na marcação para conquistar a vitória.

“Acredito que vamos estar prontos e queremos voltar com os três pontos. A nossa intenção é tentar fazer o nosso jogo e conseguir nos defender longe do nosso gol. Essa será a ideia inicial e vamos ver como isso se desenvolve durante o jogo. Analisamos as fraquezas deles e vamos com o objetivo de desenvolver o nosso jogo e trazer os pontos. Temos que estar concentrados, aproveitar os espaços que podem deixar e aproveitar ao máximo as oportunidades e, principalmente, estar concentrado na defesa”, disse Jara.

Valencia deve começar no banco contra o Athletico na Arena. Foto: Albari Rosa/Foto Digital/Tribuna do Paraná

+ Mais do Furacão:

+ Walter, do Athletico, testa positivo para o coronavírus
+ Athletico reforça lobby por Lei do Mandante no Congresso
+ Athletico atinge 60 jogos pela Libertadores. Relembre os mais marcantes


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?