Com os olhos voltados à Copa Libertadores, o Athletico encara o CSA, neste sábado (20), pelo Campeonato Brasileiro, com um time quase todo alternativo. O técnico Tiago Nunes quer poupar seus atletas porque sabe o peso da competição continental. O jogo diante do CSA será a partir das 19h, no estádio Rei Pelé. Já o confronto com o Boca Juniors, pelas oitavas de final da Libertadores, está marcado para quarta-feira (24), na Arena da Baixada. A partida contra os alagoanos não terá transmissão de nenhum canal de televisão. Com isso, você pode acompanhar a partida pelo Tempo Real da Tribuna do Paraná.

+ Leia mais: Furacão inscreve mais cinco na Libertadores

O Rubro-Negro é o 12º colocado na Série A com 13 pontos, portanto, ainda que encare o time alagoano sem seus titulares, vai pressionar o adversário para voltar para Curitiba com os pontos na bagagem. O time ainda não venceu fora de casa na competição e deve brigar para mudar isso. Vale lembrar que o Furacão vem embalado por uma importante vitória em cima do Flamengo pela Copa do Brasil, na última quarta-feira (17), em que eliminou o adversário nos pênaltis em pleno Maracanã lotado.

+ Veja ainda: Ingressos pro duelo com Boca Juniors já estão à venda!

Para o duelo com o CSA, apenas o volante Wellington será mantido para este confronto. Isso porque o jogador não pode entrar em campo contra o Boca Juniors, já que cumpre suspensão automática. Com isso, ele não precisa ser poupado, diferente de seus companheiros.

+ Também na Tribuna: Relatório aponta Furacão ‘no caminho certo’ com as finanças

Outros titulares não vão atuar em Maceió também por motivos diversos. Márcio Azevedo e Rony receberam o terceiro amarelo diante do Internacional e estão suspensos. Já o zagueiro Lucas Halter segue no departamento médico, tratando de uma lesão na coxa. Ele esteve de fora do confronto com o Flamengo e Robson Bambu entrou em seu lugar. Ainda que tenha atuado os 90 minutos, Bambu ainda tem o status de reserva no Furacão e deve, mais uma vez, entrar em campo.

+ Homenagem: Piloto faz homenagem ao Furacão em pleno voo

Por conta das baixas – estratégicas ou forçadas – Tiago Nunes tem a possibilidade de improvisar. O lateral-direito Madson poderá ser acionado na esquerda para a entrada de Khellven na direita. Abner também é uma alternativa para o lado esquerdo.

+ Confira a classificação da Série A

Em 19º na tabela, o CSA soma seis pontos em dez jogos e tem apenas uma vitória conquistada, três empates e seis derrotas. Apesar da fraca campanha, vendeu caro a derrota para o Corinthians, por 1×0, na última rodada, em plena Arena Corinhians e vai contar com o apoio de seu torcedor para tentar fazer frente ao Furacão. O técnico do CSA é um conhecido do futebol paranaense: o gaúcho Argel Fucks, que comandou o Coritiba até fevereiro deste ano.

Ficha técnica

BRASILEIRÃO
1º Turno – 11ª Rodada

CSA × Athletico

CSA
Jordi; Apodi, Luciano Castán, Alan Costa e Rafinha; Jean Kléber, Dawhan e Victor Paraíba; Cassiano, Alecsandro e Ricardo Bueno.
Técnico: Argel Fucks

Athletico
Caio; Khellven, Bambu, Pedro Henrique e Madson (Abner); Wellignton, Rossetto e Bruno Nazário; Vitinho, Thonny Anderson e Braian Romero.
Técnico: Tiago Nunes

Local: Estádio Rei Pelé (Maceió-AL)
Horário: 19h
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (FIFA-MG)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (FIFA-SP) e Ricardo Junio de Souza (MG)
VAR: Emerson de Almeida Ferreira (MG)