O ‘aperto’ das medidas de isolamento social, anunciado pela Prefeitura de Curitiba na tarde deste sábado (13), afeta diretamente o Athletico. A suspensão das atividades de clubes esportivos impacta o Furacão, que treina há duas semanas no CT do Caju.

As medidas tomadas vieram na esteira do grande aumento do número de casos do novo coronavírus nos últimos dias. Após ameaçar um recuo na segunda-feira (8), a Prefeitura decidiu apertar o cinto, suspendendo atividades em academias, igrejas, parques e bares.

A determinação da bandeira laranja começa a valer na segunda-feira (15), mas agitou muito o futebol paranaense. Diretamente, o Athletico é o mais afetado, pois seu centro de treinamento fica dentro de Curitiba. Os dirigentes do Furacão receberam a informação com surpresa, e aguardam a publicação do decreto para tomar alguma posição oficial.

Coxa e Tricolor

Para Coritiba e Paraná Clube, a medida da prefeitura tem impacto menor. O Coxa treina em Colombo e o Ninho da Gralha é em Quatro Barras. Mesmo assim, representantes dos dois clubes garantem que o decreto não afetará os clubes de futebol. A Federação Paranaense, pega de surpresa, também aguarda o desenrolar dos acontecimentos.

A medida aponta para o aumento do contágio do coronavírus e deixa ainda mais longe a volta do Campeonato Paranaense, que a FPF queria marcar para o fim deste mês.

+ Mais do Furacão

+ Em bate-papo, Fernandinho revela quando pode voltar ao Athletico
+ Meia que interessa ao Athletico não renova com o Santos e fica livre
+ Revelação do Novorizontino de 17 anos é a novidade no Athletico


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?