Dorival Júnior não escondeu que contava com Rony e que não gostou das saídas, mas disse entender decisão da diretoria. Foto: Albari Rosa/Foto Digital/Tribuna do Paraná

O técnico Dorival Júnior lamentou a venda do atacante Rony e comparou as saídas em massa do Athletico com o reality show Big Brother Brasil, da Globo. Após a goleada por 5×1 sobre o Cascavel CR, no último sábado (22), o treinador disse que brincou internamente com o dirigente Paulo André que o clube parecia o programa, que elimina um participante por semana.

“Uma pena que desde que eu iniciei os trabalhos com o Rossetto, com o Léo (Pereira), depois com o Rony, nós vamos perdendo um a cada semana. Eu até brinquei com o Paulo (André), que estava parecendo Big Brother, que a cada semana eliminamos um atleta que estávamos adaptando para as funções que queríamos. Mas acontece e eu tenho que olhar para frente”, declarou ele, em entrevista coletiva.

Além dos atletas citados por Dorival, o Furacão também perdeu o volante Bruno Guimarães, vendido ao Lyon, da França, neste ano. Se contarmos os atletas que faziam parte do elenco no ano passado e deixaram o clube, são, no total, 14 saídas.

Também deixaram o clube o lateral-direito Madson, o zagueiro Pedro Henrique, o volante Camacho, os meias Everton Felipe, Bruno Nazário e Tomás Andrade e o atacante Thonny Anderson, Braian Romero, Marcelo Cirino e Marco Ruben.

Dorival Júnior ainda comentou que contava com o atacante Rony para a temporada. A novela entre Athletico, Palmeiras, empresário e o jogador durou quase 30 dias entre idas e voltas.

“Realmente eu contava (com o Rony), não vou mentir para vocês. Eu imaginava que nós perderíamos o Bruno, talvez perdêssemos mais algum jogar, mas com um pouco de tempo mais espaçado”, declarou o técnico.

“Uma situação difícil, não escondo isso, também não vou aqui criticar, pela escolha da diretoria o clube vive assim. Não é uma situação fácil, nos traz preocupação porque precisamos de resultados imediatamente, mas temos que entender”, completou.

O grupo principal do Athletico volta a campo pela Libertadores. O Furacão estreia na competição contra o Peñarol, do Uruguai, no dia 3 de março, às 21h30, na Arena da Baixada.

+ Mais do Furacão:

+ Assista aos gols da goleada do Athletico sobre o Cascavel CR
+ Palmeiras empresta zagueiro para o Athletico

+ Cristian Toledo: O que importa pro Athletico é a Libertadores