O zagueiro Pedro Henrique voltou a atuar pelo Athletico na derrota para o Fluminense por 1 a 0 pela quinta rodada do Brasileirão. O gol do adversário foi contra do seu companheiro de zaga, Felipe Aguilar. Ambos entraram na equipe no momento em que o setor defensivo vive uma instabilidade.

Titular absoluto, o zagueiro Thiago Heleno está lesionado (problema na coxa esquerda) e pode ficar fora por mais partidas. Lucas Halter vem fazendo partidas irregulares, principalmente após as duas falhas na derrota para o Santos, ainda pela terceira rodada. E, os dois titulares contra o Fluminense, também fizeram uma partida instável. O time carioca marcou três gols, mas dois deles foram anulados pelo árbitro de vídeo. O gol contra de Aguilar foi mais um ponto negativo para setor.

TABELA: veja os jogos e classificação em tempo real do Brasileirão

Apesar disso, Pedro Henrique analisou seu retorno ao gramados e a parceria com o colombiano positivamente. “Fiz um bom jogo na minha opinião. Depois de cinco meses sem atuar, voltar e poder atuar 90 minutos, eu fico muito feliz. Espero dar continuidade ao meu trabalho e cada vez mais pegar sequência de jogo. Eu e o Aguilar demonstramos entrosamento e espero que aconteça mais vezes na temporada”, declarou em entrevista coletiva.

O zagueiro, campeão da Copa do Brasil e da Levain Cup com o clube no ano passado também pediu paciência ao torcedor após as três derrotas consecutivas no Brasileiro. Além disso, afirmou que a rodagem no time é importante para evitar mais lesões no grupo.

“A gente sabe que há uma comparação com a equipe de 2019, que foi uma equipe de muito sucesso. Mas é o começo de uma reconstrução. Peço paciência para a torcida”, afirmou. “São três competições. No Brasileiro, a gente está tendo um dia e meio de recuperação. Então, é importante essa rodagem até porque a gente teve lesões por causa dessa sequência e para quem está no banco entrar e jogar”, finalizou. Além dos zagueiros citados, o técnico Dorival Junior ainda tem à disposição Zé Ivaldo, que atuou na estreia contra o Fortaleza, Edu, que não estreou, e o jovem Luan Patrick.

Em busca da reabilitação, o Furacão encara o São Paulo na quarta-feira (26), às 19h, no Morumbi, em partida adiantada da 11.ª rodada.

+ Mais do Furacão:

+ Cristian Toledo: Athletico x Fluminense: três atuações ruins, três derrotas seguidas
+Filho de Dorival também testa positivo para covid-19 
+ Athletico pode encarar o Peñarol no Beira-Rio pela Libertadores


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?