Dono do melhor ataque do Campeonato Paranaense, ao lado do FC Cascavel, com dez gols marcados, o Athletico, por outro lado, vem sofrendo com o setor defensivo. Até aqui, em cinco jogos, o Furacão já foi vazado seis vezes, ficando ao lado do Toledo e à frente apenas de União Beltrão (sete), Cascavel CR (oito) e Londrina e PSTC (nove) em termos da pior defesa da competição.

Mesmo desconsiderando a última rodada, quando jogou com o time principal, no empate em 1×1 com o Paraná Clube, o aspirantes do Rubro-Negro sofreu uma média de mais um gol por partida. A equipe só não sofreu gols na vitória por 1×0 sobre o PSTC, que tem a pior campanha do Estadual, na Arena da Baixada.

+ Confira a classificação completa do Campeonato Paranaense

Até por isso, o técnico Eduardo Barros deve mudar a formação tática do Athletico para o confronto com o FC Cascavel, que acontece neste domingo (9), no Olímpico Regional. Diante do líder, a tendência é que o Furacão entre em campo com três zagueiros.

Nos últimos dias, o zagueiro Luan Patrick foi testado entre os titulares, ocupando a vaga do lateral-direito Léo Simas. Com a mudança, os alas ganhariam mais liberdade para apoiar o setor ofensivo, tanto que as posições podem ser preenchidas pelos atacantes Breno Lopes e Jáderson. Uma aposta do treinador na velocidade.

+ Saiba como assistir aos jogos do Paranaense pelo celular, computador ou Smart TV

Assim, o provável Rubro-Negro que irá a campo deve ser formado por: Anderson; Danilo Boza, Walber e Luan Patrick; Breno Lopes, Léo Gomes, Denner, Ramon e Jáderson; Pedrinho e Boselli.

Eduardo Barros ainda comandará mais uma atividade neste sábado (8), quando fará um jogo-treino contra a equipe principal atleticana e deve fazer os últimos ajustes. Na sequência, a delegação viaja para o interior do Estado.

+ Quer assistir aos jogos do Paranaense ao vivo? Assine a DAZN com 30 dias grátis

+ Mais do Furacão

+ Dupla Atletiba está entre os clubes que mais usaram revelações da base
+ Athletico ganha reforços pra encarar o FC Cascavel