Com um time reserva, o Athletico foi superado pelo Flamengo, por 3 a 1, neste domingo (04), no Maracanã. O resultado encerrou uma sequência de seis jogos sem perder do Furacão, contando com a Libertadores, e fez a equipe ver a zona de rebaixamento mais próxima nesta 13ª rodada.

Pedro, Bruno Henrique, de pênalti, e Everton Ribeiro marcaram para o rubro-negro carioca. Renato Kayser descontou para a equipe paranaense.

O Furacão é o décimo primeiro colocado, com 14 pontos, mas a dois de diferença de três dos quatro times que estão na Z4. O próximo desafio acontece na quinta-feira (08), contra o Ceará, às 19h00, na Arena da Baixada.

>> Veja como foi o jogo entre Flamengo e Athletico

Em menos de um minuto de jogo, o Athletico teve a chance de sair na frente. Pressionado, o goleiro Hugo errou na saída de bola e presenteou Jaime Alvarado que, da entrada da área, acertou a trave.

Mesmo com nove alterações na equipe titular, o Furacão atuou com uma postura agressiva e adiantou suas linhas para dificultar a criação do Flamengo. Aos 13’, o lateral Abner exigiu uma boa defesa do goleiro do time carioca, que logo respondeu. Pedro recebeu com liberdade na área e fez Santos trabalhar pela primeira vez.

O árbitro Rodrigo D’Alonso Ferreira, aos 22’, assinalou uma penalidade em Carlos Eduardo para o Rubro-negro paranaense. Mas, após consultar o VAR, o pênalti foi anulado e apenas uma falta, na entrada da área, foi marcada.

No segundo tempo, Everton Ribeiro precisou de um minuto em campo para criar uma grande oportunidade. O meia recebeu pelo meio, avançou e mandou um chute no ângulo, exigindo um milagre de Santos.

>> Tabela e classificação do Brasileirão

Aos 10’, o time da casa abriu o placar. Pedro ganhou a bola na área, fez o pivô, superou a marcação e, com categoria, tirou de Santos para balançar as redes. No lance seguinte, o árbitro marcou um toque de mão de Léo Gomes na área. Bruno Henrique foi para a bola e guardou o segundo do rubro-negro carioca.

O Furacão descontou aos 21’. Após cobrança de falta, Renato Kayser cabeceou para marcar e anotar seu primeiro gol com a camisa athleticana.

>> Blog do Cristian: Arrascaeta e Everton Ribeiro decidiram

Mas isso não foi o suficiente para uma reação. Everton Ribeiro definiu jogo com um chute de fora da área, que contou com um desvio no zagueiro Zé Ivaldo. 3 a 1.

Ficha técnica de Flamengo 3×1 Athletico

Série A
13ª rodada
04/03/2020 – 16h

Flamengo: Hugo; Isla, Natan, Gabriel Noga e Filipe Luís (Ramon); Gerson, Willian Arão e Arrascaeta (Diego);Vitinho (Everton Ribeiro), Bruno Henrique (Michael) e Pedro (Lincoln).
Técnico: Domènec Torrent.

Athletico: Santos; Léo Gomes (Wellington). Zé Ivaldo, Felipe Aguilar e Abner; Jaime Alvarado (Erick), Lucho (Ravanelli), Richard (Christian ) e Jorginho (Walter); Carlos Eduardo e Renato Kayzer.
Técnico: Eduardo Barros.

Gols: Pedro, 10’, Bruno Henrique, aos 13’, e Everton Ribeiro, aos 31’, do 2º tempo. Renato Kayser, aos 21, do 2º tempo.
Cartões amarelos: Gabriel Noga, Filipe Luís (FLA). Erick, Wellington, Christian e Richard (CAP)
Local: Maracanã.
Árbitro: Rodrigo D’Alonso Ferreira (SC).
Assistentes: Henrique Neu Ribeiro (SC) e Éder Alexandre (SC).

+ Mais do Furacão:

+ Maior ídolo do Athletico, Sicupira emociona público ao lançar livro
+ Time da Turquia quer tirar Wellington do Athletico


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?