O Athletico emendou a segunda vitória seguida no Brasileirão e saiu, momentaneamente, da zona de rebaixamento. O Furacão bateu o Goiás por 1 a 0, neste sábado (14), em Goiânia, com gol de Renato Kayzer. Com o resultado, o time chega a 22 pontos e sobe para a 16ª colocação, porém pode ser ultrapassado no complemento da rodada.

O Rubro-Negro pode ser novamente empurrado para baixo na tabela pelo Coritiba, que joga com o Bahia e terá um jogo a mais ao final da rodada, ou ainda pelo Botafogo ou Bragantino, que se enfrentam. Todos os jogos acontecem na segunda-feira (16).

>> Veja como foi o jogo entre Goiás x Athletico

Para permanecer fora da área da degola, o Athletico precisa torcer pela derrota do Coxa e empate entre os outros concorrentes. Vale lembrar que o time comandado por Paulo Autuori tem um jogo a menos na disputa. O próximo compromisso do Furacão será contra o Atlético-MG, na quarta-feira (18), às 19h, no Mineirão, em jogo atrasado válido pela sexta rodada do Brasileirão.

A partida era entre o lanterna e o vice-lanterna da Série A. O Goiás começou pressionando, mas o Athletico foi encontrando espaço no jogo, passou a agredir mais o adversário e encontrou o gol aos 19 no primeiro tempo. Carlos Eduardo avançou pela esquerda, cruzou na área e Renato Kayzer mandou de cabeça para o fundo da rede.

>> Tabela e classificação do Brasileirão

As boas defesas do goleiro Tadeu impediram que o Furacão ampliasse. No segundo tempo, o Goiás mandou uma bola no travessão e o Athletico chegou perto com chutes firmes de Léo Cittadini, afastados pelo goleiro esmeraldino. Os times não conseguiram alterar o resultado do primeiro tempo.

Ficha Técnica
BRASILEIRÃO
21ª rodada
14/11/2020
Goiás 0x1 Athletico

Goiás: Tadeu; Pintado, David Duarte, Chico (Heron) e Caju; Ariel Cabral (Gustavo Blanco), Keko (Rafael Moura) e Gilberto (Sandro); Douglas Baggio, Fernandão e Vinícius (Shaylon). Técnico: Enderson Moreira.

Athletico: Santos; Erick, Pedro Henrique e Thiago Heleno, Abner; Wellington (Zé Ivaldo), Christian (Richard) e Léo Cittadini (Fernando Canesin); Nikão, Carlos Eduardo (Reinaldo) e Renato Kayzer. Técnico: Paulo Autuori.

Gol: Renato Kayzer, 19’ do 1º
Cartões amarelos: David Duarte, Chico, Rafael Moura, Pintado e Fernandão (GOI); Nikão (CAP).

Estádio: Hailé Pinheiro (Serrinha), em Goiânia-GO.
Horário: 17h.
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (Fifa-SP).
Bandeirinhas: Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP) e Luiz Alberto Andrini Nogueira (SP).
VAR: Daniel Nobre Bins (RS).

+ Mais do Furacão:

+ Athletico negocia renovação de contrato do atacante Guilherme Bissoli
+ Athletico entra de cabeça no mundo do eSports e cria equipe


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?