Porto Alegre – Com a faca nos dentes. É assim que o Internacional, segundo o atacante Paolo Guerrero, vai entrar em campo nesta quarta-feira (18), às 21h30, no Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, para tentar reverter a vantagem do Athletico e conquistar o título da Copa do Brasil. A derrota por 1×0 no duelo de ida, na Arena da Baixada, na semana passada, foi dolorida para o Colorado, que confia muito na força que tem dentro de casa para conseguir erguer a taça da competição pela segunda vez na história.

Referência do Inter para a decisão, garantiu na semana passada, ainda no gramado da Arena, que dentro de casa o Colorado conseguiria reverter a situação. O centroavante voltou a reforçar a força do time gaúcho quando joga no Beira-Rio.

“A resposta foi sólida. Não tem surpresa. A gente é muito forte em casa. Todos os adversários sofrem quando vêm jogar no Beira-Rio. Amanhã (quarta) vai ser um jogo que teremos mais confiança. Uma decisão que teremos a torcida com a gente. A gente mantém a tranquilidade que aqui será diferente. O apoio do torcedor vai ser grande, estão todos motivados e o grupo está muito confiante que tem que virar esse jogo. Temos que manter a calma e a tranquilidade”, garantiu o peruano.

+ Leia mais: Veja o provável time do Athletico pra final da Copa do Brasil

O Internacional tem respirado a grande final da Copa do Brasil. A confiança de que pode reverter a vantagem do Furacão e conseguir o título do torneio é tão grande quanto a vontade do time de garantir essa conquista, que não vem desde 1992.

“Você vê no semblante de todos muita vontade e ansiedade de chegar o jogo. Estão todos com a faca entre os dentes. Para nós é uma revanche. A gente não queria perder lá e infelizmente perdemos. Em casa, temos a oportunidade de virar. É a única coisa que queremos. Estamos muito bem, muito confiantes e com a faca entre os dentes com certeza”, cravou Guerrero.

Mas o Inter sabe que não será de qualquer forma que conseguirá passar pelo Rubro-Negro, sobretudo porque o adversário, apesar de mínima, chega com uma vantagem para a finalíssima. Sobrou, então, elogios para o time atleticano por parte do camisa 9  do Colorado.

+ Leia também: Athletico embarca pra final da Copa do Brasil

“Em uma decisão como essa, ter o fator local é sempre importante. A gente perdeu jogando de visitante, mas definimos os 90 minutos em casa e a oportunidade de dar nosso melhor. Respeito muito o Athletico, tem um time muito qualificado. Temos que fazer nosso jogo. O campo aqui é diferente do campo deles. Nós sabemos o que fazer em campo. Estamos muito concentrados e tomara que a gente acabe bem a Copa do Brasil e possa levantar essa taça linda”, finalizou.

O Inter que vai entrar em campo deve ser o mesmo que iniciou o duelo na Arena da Baixada. O meia D’Alessandro, que preocupou o técnico Odair Hellmann no treinamento do último domingo, se recuperou de um desconforto muscular, mas ainda é duvida para o duelo.

Tudo sobre a final da Copa do Brasil!

+ Está em Porto Alegre? Confira um guia da cidade!
+ Mau tempo em Porto Alegre atrapalhou os planos do Athletico
+ D’Alessandro é dúvida no Internacional pra grande final
+ Athletico embarca apoiado pela sua torcida
+ Imprensa gaúcha ressalta força do Inter no Beira-Rio em mata-matas
+ Furacão teve diversas lições em 2019 pra chegar focado na final
+ Athletico vai pra Porto Alegre com fome de título
+ Árbitro que prejudicou o Coritiba em 2012 apitará a grande final
+ Petraglia é operado às pressas e está na UTI